Geral

Espaço Acolher abriga familiares de pacientes internados nas UTI’s do Hospital Tacchini

Desde novembro de 2017, o Hospital Tacchini disponibiliza o Espaço Acolher, voltado a abrigar os familiares de pacientes internados nas UTI’s (Adulto, Pediátrica e Neonatal) através do SUS. São pessoas que residem em outros municípios, que não tem condições de arcar com despesas de hospedagem.

O espaço começou a operar em janeiro de 2018 e no primeiro ano foi utilizado por 124 famílias, uma média de 10 famílias a cada mês. Somente em 2019, 54 famílias já usufruíram das instalações, que abrigam até 12 pessoas.

Situado no prédio ao lado da guarita, o Espaço Acolher foi idealizado pelo Comitê de Satisfação do Cliente, atendendo à sugestões dos usuários. O alojamento disponibiliza camas beliches, geladeira, torradeira e chaleira elétrica, bem como, banheiros e estrutura para que os acompanhantes possam até lavar suas roupas. Recebem ainda café da manhã, almoço e jantar servido no refeitório do hospital. Todos podem permanecer no alojamento durante o período em que o paciente estiver internado na UTI.

 

Apoio das equipes de Enfermagem e do Serviço Social

Tanto a UTI Adulto quanto as UTI’s Pediátrica e Neonatal do Hospital Tacchini tem parte de seus leitos destinados ao SUS, sendo que as vagas são regulamentadas pela Central de Leitos da Secretaria Estadual da Saúde. Assim, é normal que pessoas de outras regiões do Estado sejam transferidas para o Hospital. “Seus parentes ou acompanhantes, muitas vezes sequer conhecem a cidade ou tem contato de algum conhecido. Já recebemos pessoas de cidades como Livramento, Alegre, Novo Hamburgo, Pelotas, entre outras”, relata a Assistente Social, Clari Ben. Ela destaca ainda que diversos não tem condições de hospedar-se em hotéis ou pousadas.

No Hospital Tacchini, enquanto os pacientes recebem o cuidado das equipes multiprofissionais que atuam nas UTI’s. Já os seus parentes, são acolhidos pelo Serviço Social, que atuam no sentido de minimizar a angústia e aflição vivida pelas famílias no momento, bem como realizando articulação com a rede de serviços dos municípios de origem. Quando as mesmas chegam ao Hospital durante o final de semana, o acolhimento é feito pelas Líderes de Enfermagem.

Todos os familiares recebem informações sobre as normas e rotinas do alojamento, são cadastrados e identificados com crachá e o controle do serviço é feito pelos Atendentes de Portaria junto com o Serviço Social.