Alerta: aumento de animais peçonhentos na região

A Secretaria Municipal da Saúde, por meio do Setor de Combate às Endemias, divulgou que está ocorrendo um aumento expressivo no

A Secretaria Municipal da Saúde, por meio do Setor de Combate às Endemias, divulgou que está ocorrendo um aumento expressivo no uso de soros por animais peçonhentos na região, especificamente o uso do soro por acidente com aranhas.

Nesta época do ano existe um aumento natural da população das aranhas nas áreas internas e externas das casas. Estes animais geralmente tem hábitos noturnos e, de acordo com a espécie, se alimentam de cupins, traças, formigas, moscas, mosquitos, borrachudos, baratas, entre outros.

É necessário redobrar os cuidados nesta época do ano, por isso, a Secretaria conta com o apoio e empenho de toda a população.

Confira algumas medidas preventivas importantes que devem ser observadas para evitar este tipo de acidente:

  • Manter jardins e quintais limpos, com grama aparada.
  • Evitar acúmulo de entulhos, material de construção, folhas secas, lixo doméstico, nas proximidades das residências;
  • Manter limpos os terrenos baldios próximos a residências;
  • Evitar folhagens densas (plantas ornamentais, trepadeiras, bananeiras e outras) junto a paredes e muros das casas;
  • Colocar saquinhos de areia nas portas e telar as janelas e ralos;
  • Vedar frestas e buracos em paredes, janelas, portas, assoalhos e vãos entre o forro e paredes, consertar rodapés despregados;
  • Combater a proliferação de insetos que servem de alimento para as aranhas;Afastar as camas e berços das paredes.
  • Evitar que roupas de cama e mosquiteiros encostem nas paredes e no chão;
  • Verificar lençóis e travesseiros antes de dormir;
  • Sacudir roupas, toalhas e bater os sapatos antes de usá-los;
  • Deixar os armários bem fechados e não pendurar roupas fora dos armários;
  • Limpar regularmente os domicílios, mantendo-os arejados, mover de lugar os móveis e quadros, limpar cortinas, cantos de parede, atrás de armários, embaixo de sofás, utilizando pano úmido, aspirador de pó, conforme o caso;
  • Uso de EPI's como luvas e botas ao cortar gramas, aparar folhagens, mexer em entulhos, lenha ou tijolos;
  • Preservar os inimigos naturais de aranhas, como: morcegos, corujas, lagartixas, lagartos, sapos, galinhas, gansos, entre outros;
  • Redobrar os cuidados nos meses de verão, lembrando que a melhor prevenção é a limpeza periódica dos ambientes;

Em caso de acidente:
Ligar para o CIT (Centro de Informações Toxicológicas) 08007213000 ou
Procurar o serviço médico mais próximo e quando possível, levar o animal agressor para identificação;