Coopershoes alega ‘forte crise política e econômica’ como motivo do fechamento da empresa

Foi por meio de nota que a empresa Coopershoes comunicou a sua decisão de deixar a cidade. Confira o que

Foi por meio de nota que a empresa Coopershoes comunicou a sua decisão de deixar a cidade. Confira o que diz o texto na íntegra:

 

“Estimados colaboradores e comunidade de Veranópolis.
Por meio desta carta informamos a todos os colaboradores e comunidade de Veranópolis a difícil decisão de encerrar as atividades produtivas da nossa filial, localizada nesta cidade.
Infelizmente esta decisão se tornou necessária em virtude da forte crise política e econômica que atinge a Venezuela e se espalhou pela grande maioria dos países da América do Sul, especialmente a Colômbia, Bolívia e a Argentina, onde estão sediados importantes clientes da nossa empresa, gerando uma queda drástica de pedidos de compras para esta unidade produtiva em Veranópolis.
E, assim como foi em 2008, quando iniciamos as nossas atividades com muita transparência, seriedade, de forma correto e honesta, agora, seguindo estes mesmos princípios queremos conduzir o encerramento das nossas atividades nesta cidade. 
Agradecemos a toda comunidade, parceiros e a administração municipal, mas especialmente, a todos os colaboradores e ex-colaboradores que fazem e fizeram parte desta história por todo o esforço e dedicação à nossa empresa, e asseguramos a todos o cumprimento integral das suas verbas rescisórias previstas na legislação trabalhista brasileira.
Mais uma vez agradecemos o apoio e a dedicação de todos.
Atenciosamente.
Direção
COOPERSHOES”