Segurança

Júri popular entende que réu não tinha intenção de matar ex-companheira em Cotiporã

Julgamento ocorreu nesta quinta, em Veranópolis.

Encerrou próximo às 17h desta quinta-feira (28), no Fórum de Veranópolis, o julgamento do réu Lucimar Antônio Storti, acusado de tentativa de feminicídio contra a ex namorada, Veridiana Pisoni.

Após depoimentos e compreensão do caso, os jurados entenderam que o autor não tinha intenção de matar e, por essa razão, desclassificaram o fato de tentativa de homicídio (ou feminicídio) para lesão corporal. Com isso, o processo passa a ser julgado pelo juiz e, não mais, pelos jurados.

O fato ocorreu no dia 14 de dezembro de 2017, na Rua João Zardo, em Cotiporã, quando o acusado atingiu a vítima com facadas.

Fonte: Rádio Veranense