Geral

Por 60 dias, Corsan suspende corte no abastecimento por falta de pagamento

Em reunião com o secretário do Meio Ambiente e Infraestrutura, Artur Lemos Júnior, por videoconferência, na tarde deste domingo (22/3), o governador Eduardo Leite definiu algumas medidas envolvendo os clientes da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) por conta das dificuldades ocasionadas pela pandemia do coronavírus.

De acordo com o governador, os clientes de tarifa social ficarão isentos da cobrança pelos próximos 90 dias. Além disso, ficam suspensos os cortes por não pagamento nos próximos 60 dias.

“Precisamos manter a empresa em funcionamento e, para tanto, mesmo que sem cortes, continuam valendo multas e juros em atrasos. Os cidadãos que dispõem de condições para pagamento de suas faturas devem seguir adimplentes para mantermos os serviços essenciais à população”, disse Leite.

Quem tem direito à Tarifa Social:

A Corsan concede o chamado desconto social para os usuários que recebem algum auxilio governamental de transferência de renda (Ex.: Bolsa Família) e que residem em imóveis com as seguintes características:

- Até 60m² de área construída útil;
- Possuir até 6 (seis) pontos de água;
- Ser de uso exclusivamente residencial;
- Dados cadastrais do usuário devem estar atualizados.

O benefício também poderá ser concedido aos moradores dos condomínios habitacionais pertencentes ao Programa Minha Casa Minha Vida - FAIXA 1, Beneficiários Programa Água, Vida e Cidadania da Corsan e Moradores de Comunidades Quilombolas, bem como para imóveis enquadrados na categoria comercial subsidiada - C1, desde que a área total privativa não ultrapasse 100(cem) m² e sejam destinadas a pequenos comércios ou profissionais liberais.

Essa solicitação deve ser realizada de forma presencial em alguma Unidade de Saneamento da Corsan.