Trânsito

Radares fixos voltam a operar em estradas da Serra Gaúcha depois do verão

Na região a medida atinge a ERS-122, entre Portão e Caxias do Sul.

Quatro meses após serem desligados, os radares fixos devem retornar às estradas estaduais do Rio Grande do Sul. Uma das duas licitações para a contratação de empresas que farão a instalação, manutenção e fiscalização das rodovias já está em fase final. O resultado já foi efetivado pelo Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer). A Perkons foi a vencedora e será responsável por monitorar as 68 faixas de tráfego em sete rodovias estaduais. Na Serra Gaúcha a medida atinge a ERS-122, entre Portão e Caxias do Sul.

O texto já está com a Central de Licitações do estado (Celic) e deve ser enviado ao Daer nos próximos dias. Após isso, a empresa deverá religar os equipamentos em até 90 dias, ou seja, somente depois da temporada de férias. Ainda de acordo com o Daer, os controladores serão instalados nos mesmos pontos onde estavam, não tendo a necessidade de estudos sobre novos locais.

Já as lombadas eletrônicas seguem funcionando em grande parte das rodovias. A Polícia Rodoviária Estadual também atua com uma fiscalização intensa e com o uso de radares móveis, principalmente nos dias de maior movimentação, como os finais de semana.

Já a licitação que irá determinar a empresa que ficara responsável por outras 25 faixas de oito rodovias segue parada na Justiça. A empresa Iessa questionou o resultado da concorrência que excluiu o consórcio que ela participava, junto com outras duas empresas, devido a falta da certidão negativa de falência e recuperação judicial. Com isso a segunda colocada havia sido chamada. Quem determinou a suspensão foi o desembargador Miguel Angelo da Silva. A decisão aguarda o julgamento do mérito do recurso.

Nesta segunda licitação, estão inclusas a RSC-470, entre Nova Prata e Bento Gonçalves e a ERS-122, entre Farroupilha e São Vendelino, na Serra.

Fonte: Portal Leouve.