Aumentam casos de coronavírus em UTIs da Serra

Os pacientes internados com coronavírus nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) adultas da Serra aumentaram ao longo da semana. No início da

Os pacientes internados com coronavírus nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) adultas da Serra aumentaram ao longo da semana. No início da semana passada, eram 67 e, nesta segunda-feira (13), são 77. Em relação aos casos suspeitos da covid-19 ou outras Síndromes Respiratórias Agudas Graves (SRAG), o salto foi  de 21 para 31. Os dados, compilados em painel da Secretaria Estadual da Saúde (SES), mostram que a região tem 75 pacientes internados por outras doenças contra 82 há uma semana. 

A análise aponta que, enquanto outras internações caíram, as que estão relacionadas a doenças respiratórias aumentaram. É um movimento comum no período mais frio do ano, mesmo antes da circulação do coronavírus. No entanto, chama a atenção o fato de que há mais casos confirmados da covid-19 que de internados por outras doenças, se descartados os casos suspeitos de SRAG.

Ainda assim, a Serra trabalha com uma folga no número de leitos de UTI. São 75 disponíveis. A taxa de ocupação está em 71%. É uma situação até mesmo incomum para o período do ano, quando costuma ficar bem próxima do limite. O dado em meio à pandemia é resultado do investimento em saúde, também com o objetivo de manter a economia, já que o Modelo de Distanciamento Controlado do Estado utiliza como um dos indicadores a ocupação das UTIs e, caso a região entre na bandeira vermelha ou na preta, o comércio e serviços essenciais não podem funcionar. 

Para se ter uma ideia, em uma semana, a região abriu 12 leitos de UTI. Eram 245 na semana passada e, agora, são 257. Dos novos, 10 ficam em Caxias do Sul e dois em Farroupilha.

Taxa de ocupação por município:
:: Caxias do Sul – 65,5% dos 145 leitos. Há uma semana, estava em 72%.
:: Bento Gonçalves – 72% dos 50 leitos. Há uma semana, estava em 62%.
:: Farroupilha – 70% dos 20 leitos. Há uma semana, estava em 67%.
:: Vacaria – 85,7% dos 14 leitos. Há uma semana, estava em 57%.
:: Garibaldi – 80% dos 10 leitos. Há uma semana, estava em 60%.
:: Gramado – 94,4% dos 18 leitos. Há uma semana, estava em 89%.

Fonte: Pioneiro