Investimento na saúde pretende reduzir tempo de espera por cirurgias em Nova Prata

Na tarde de quarta-feira, 01, o prefeito Alcione Grazziotin, na qualidade de vice-presidente da AMESNE, representou a entidade em evento

Na tarde de quarta-feira, 01, o prefeito Alcione Grazziotin, na qualidade de vice-presidente da AMESNE, representou a entidade em evento realizado no Salão Negrinho do Pastoreio, do Palácio Piratini, no qual o governador Eduardo Leite anunciou o pagamento de dívidas do Estado com os municípios gaúchos referentes à manutenção de programas de saúde municipais do Sistema Único de Saúde (SUS), entre os anos de 2014 e 2018. Além disso, o governador também anunciou o lançamento do programa Cirurgia+, no qual o governo do Estado investirá R$ 85 milhões em hospitais gaúchos que prestam serviço pelo SUS com objetivo de atender a demanda represada de consultas, exames e cirurgias em sete especialidades com maiores filas e maior tempo de espera no Estado. O programa Cirurgia+ destinará a Nova Prata um valor de aproximadamente R$900 mil, que auxiliará no custeio de cirurgias que estão na fila de espera desde o ano de 2014.
Em conversa com a secretária estadual da Saúde, Arita Bergmann, o prefeito ratificou o pedido de investimento para o novo pronto atendimento do Hospital São João Batista. Além disso, atualizou-se quanto a situação do projeto cadastrado no programa Avançar RS, para a pavimentação da estrada geral, até a divisa com o município de Vista Alegre do Prata.
A agenda também contemplou visitas aos gabinetes de alguns deputados. O prefeito, acompanhado da secretária de Saúde, Dieice Fagundes, solicitaram aos deputados estaduais Dirceu Franciscon (PTB) e Vilmar Zanchin (MDB) e, deputado federal, Alceu Moreira (MDB) intervenção junto aos órgãos competentes para manutenção do POE – Pelotão de Operações Especiais, emendas para o setor agrícola para instalação de cisternas e também para a área de saúde.
Na foto: Prefeito Alcione, Governador Eduardo Leite e deputado estadual Vilmar Zanchin.