Mobilização regional busca vias alternativas para a Serra das Antas – BR 470

Na tarde da última quinta-feira, dia 16, a sede da Associação Comercial Cultural e Industrial de Veranópolis (ACIV) foi palco de uma reunião de extrema importância, reunindo autoridades municipais, representantes de entidades de classe, empresários e membros da imprensa para discutir medidas urgentes diante dos desafios enfrentados pela região após os recentes desastres naturais.
Os estragos causados pelas intensas chuvas deste mês de maio resultaram na obstrução das principais vias de acesso à região, afetando diretamente o escoamento da produção local, a chegada de insumos essenciais e a trafegabilidade de pessoas e mercadorias. Entre as áreas mais impactadas encontra-se a Serra das Antas, na BR 470, onde diversos pontos foram severamente danificados.
Participaram do encontro os prefeitos de Veranópolis, Cotiporã, Antônio Prado, Vila Flores, Fagundes Varela e Nova Prata, juntamente com representantes de entidades de classe e empresários locais. A reunião, promovida pela ACIV em parceria com as Câmaras de Indústria, Comércio e Serviços da Serra (CICs Serra), teve como principal objetivo debater soluções emergenciais para restabelecer a circulação nas vias afetadas e minimizar os impactos na economia regional.
Um dos pontos críticos discutidos foi a queda da ponte entre Cotiporã e Bento Gonçalves, sobre o Rio das Antas, que representava uma importante rota alternativa enquanto a BR 470 estava interditada. O prefeito de Cotiporã, Ivelton Zardo, destacou os esforços empreendidos para reconstruir essa via estratégica, buscando parcerias com outras prefeituras e empresas da região.
Diante da urgência da situação, foi decidido lançar uma campanha de arrecadação de fundos para financiar as obras de reconstrução da ponte entre Cotiporã e Bento Gonçalves, bem como apoiar melhorias na ERS 437, que atualmente serve como a principal rota alternativa entre Vila Flores e Antônio Prado. Todos os recursos arrecadados serão geridos pela ACIV, que garantirá total transparência na prestação de contas. Os valores recebidos, portanto, serão repassados integralmente para a reconstrução da ponte.
A Sicredi Serrana se comprometeu a duplicar todas as doações recebidas, fortalecendo a mobilização regional em prol da ponte e ampliando o impacto das contribuições individuais. As doações podem ser feitas através de PIX para a conta da ACIV: [email protected].
O Superintendente do DNIT, Adalberto Jurach, participou da reunião e reafirmou o compromisso do Governo em reconstruir a BR 470, mas alertou para a complexidade das obras em alguns trechos, que podem demandar um período prolongado para serem concluídas. Ele não estimou prazo para que a via retome ao trânsito normal, mas assegurou que ela poderá ter um novo desenho.
Rubia Freitas, presidente da ACIV, encerrou a reunião reforçando o compromisso da entidade em auxiliar na busca por alternativas que minimizem as perdas na economia local e assegurem a manutenção dos empregos. Ela conclamou a comunidade a se unir e colaborar com a campanha de arrecadação, destacando a importância do apoio de todos neste momento crítico e na retomada da trafegabilidade entre Cotiporã e Bento Gonçalves.
Na manhã desta sexta-feira, às 11h, uma coletiva de imprensa será realizada na sede da Aciv, para explanar detalhes da campanha em prol da ponte entre Cotiporã e Bento.
FOTOS: ABRAÃO FRAINER/ ESPECIAL ACIV

LEGENDA: Autoridades e empresários buscam alternativas para a trafegabilidade na região.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

error: Conteúdo bloqueado.