Serra Gaúcha registrou aumento de casos e mortes por coronavírus na última semana

O quadro desta semana na Serra aponta crescimento em quase todos os números referentes ao coronavírus, exceto a taxa de

O quadro desta semana na Serra aponta crescimento em quase todos os números referentes ao coronavírus, exceto a taxa de recuperados, que se mantém próxima de 78%. Desde o dia 21 de junho, foram 1.072 novos casos positivos, elevando para 5.283 as pessoas que já tiveram a covid-19. Foram 16 mortes registradas na região. Caxias do Sul e Bento Gonçalves contabilizaram cinco vítimas cada nesse período – Carlos Barbosa (2), Nova Prata (1), Farroupilha (1) e Flores da Cunha (1) completam a lista.

A projeção no número de óbitos foi muito contestada no dia 13 de junho, quando o Governo do Estado alterou pela primeira vez a bandeira da macrorregião da Serra e mobilizou as prefeituras para que abrissem novos leitos de UTI. No entanto, a estimativa de 18 vítimas está se cumprindo, caso sejam confirmadas mais duas neste sábado, e isso acende o alerta de que os números citados pelo poder estadual podem se concretizar.

Em termos de pacientes positivos para a covid-19, Caxias do Sul é o epicentro do contágio neste mês. Na sexta, a Secretaria Municipal da Saúde confirmou que a cidade chegou aos 966 infectados, um acréscimo de 51% só nos últimos seis dias. Outro recorde é o número de pessoas com a infecção ativa simultaneamente: 396. Há que se ressaltar, também, que nem todos os pacientes que testaram positivo no surto do frigorífico da JBS estão contabilizados. Até aqui, são 272 funcionários que entraram para o registro oficial e pelo menos 164 exames devem entrar na contagem, segundo os números divulgados pelo Ministério Público do Trabalho. Contudo, não há uma previsão de quando todos esses dados entrarão no sistema da Secretaria de Caxias. Outra informação relevante é de que desde o dia 18 de junho, o município não reduz o número de 15 munícipes internados em UTI por conta do coronavírus.

Bento Gonçalves é outro município que está apresentando um novo crescimento considerável. Foram 216 novos infectados em seis dias e o único município a ter ultrapassado a casa de mil moradores contaminados. Pequenas cidades também convivem com um boom de novos casos. Guaporé atingiu a marca de 146 pessoas que contraíram o vírus – eram 82 em 21 de junho –, sendo que 76 estão com a infecção ativa. Protásio Alves registrou um surto com 10 pessoas de uma só comunidade. 

Na região Nordeste, de abrangência do Pioneiro, 58 dos 65 municípios já registraram a incidência do vírus. Se forem levados em conta apenas os 49 municípios que fazem parte da macrorregião covid, apenas seis não registraram casos: Fagundes Varela, Guabiju, Linha Nova, Muitos Capões, Pinhal da Serra e São José dos Ausentes.

Fonte: Jormal Pioneiro