UTI do Tacchini opera em 120% de ocupação nesta segunda

Conforme informações do Mapa de Leitos do RS, 54 pacientes estão internados na estrutura nesta segunda-feira, 31/05, sendo 30 com

Conforme informações do Mapa de Leitos do RS, 54 pacientes estão internados na estrutura nesta segunda-feira, 31/05, sendo 30 com a COVID-19

A UTI do Hospital Tacchini opera nesta segunda-feira, 31/05, com 120% de ocupação, maior número desde que a estrutura saiu do colapso no início de maio. Em março, a estrutura chegou a atender mais de 70 pacientes graves, mas havia registrado um mês de abril e começo de maio mais tranquilo, chegando a operar abaixo dos 100% nos primeiros dias deste mês. Nesta segunda, conforme informações do Mapa de Leitos do RS, 54 pacientes estão internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), sendo 30 com a confirmação da COVID-19 – 55% do total. Ainda, há mais um paciente com a suspeita da doença.

Fora da UTI, o Tacchini atende nesta segunda 57 pacientes, entre confirmados e suspeitos, um percentual de 78% de ocupação. Entre os confirmados, está uma criança.

Na última coletiva de imprensa do Tacchini, a direção do hospital alertou sobre o aumento de atendimento de casos respiratórios entre crianças e adultos. Na semana passada, a estrutura fast track, montada em frente ao hospital para receber pacientes com sintomas da COVID-19, bateu recorde de atendimentos desde o início da pandemia. Foram 90 atendimentos registrados, ante 89 que havia sido registrado no segundo pico, em março. “Isso sinaliza que estamos entrando em um período similar ou superior do que já vivenciamos em meses anteriores”, alertou o superintendente do Tacchini, Hilton Mancio.

“Vale ressaltar que as pessoas precisam manter os cuidados pessoais. Vejo muitas pessoas voltando a apertar as mãos e a conversar sem máscara. Isso é uma forma de contágio. Então essa onda de contaminação também estão vindo desse relaxamento dos cuidados”, comentou Mancio.

Fonte: Serranossa