Coopershoes encerra suas atividades em Veranópolis

Uma das maiores produtoras de calçados da América Latina encerra as suas atividades em Veranópolis nesta terça-feira, dia 23 de

Uma das maiores produtoras de calçados da América Latina encerra as suas atividades em Veranópolis nesta terça-feira, dia 23 de abril. A Coopershoes fez o comunicado nesta segunda, de que não tem mais interesse em manter a estrutura em funcionamento na cidade.

O fechamento das portas já vinha se desenhando nos últimos anos, quando aos poucos, a empresa foi diminuindo o número de funcionários. O poder público e segmentos da comunidade trabalhavam para que a empresa permanecesse gerando empregos e renda na cidade.

Nas últimas semanas, setores foram aos poucos sendo fechados, porém a gerência negava a possibilidade de encerramento das atividades. O comunicado oficial foi dado na tarde desta segunda.

São cerca de 170 pessoas que serão demitidas. 

Para se manter na cidade, a empresa recebia apoio financeiro do município, com pagamento de R$ 25 mil do aluguel, mais R$ 10 mil eram abatidos pela Oleoplan (dona da estrutura física) e que incentivava a permanência da Coopershoes em Veranópolis, para auxiliar no desenvolvimento do município. Outros R$ 10 mil eram pagos pela própria empresa, totalizando assim, R$ 45 mil ao mês de aluguel, num amplo imóvel localizado nas margens da BR 470, entre os bairros São Pelegrino e Valverde.

A Coopershoes chegou a Veranópolis no ano de 2008, na primeira gestão do atual prefeito Waldemar De Carli. O objetivo era gerar empregos, após o fechamento da empresa São Paulo Alpargatas na cidade.

O município ofereceu condições para que a nova empresa pudesse instalar-se na cidade. Na época, centenas de empregos foram criados.

Com o passar do tempo, o interesse pela Terra da Longevidade foi diminuindo e a empresa passou a mais demitir do que contratar. Além de Veranópolis, a Coopershoes tem sua sede em Picada Café e filiais em Garibaldi, no Ceará e na Argentina.

A empresa produz calçados vulcanizados e cementados para marcas de sucesso em todo o Brasil. Fundada em 1998, a cooperativa cresceu baseada no aprimoramento profissional e no permanente investimento em tecnologia.

A decisão do fechamento das portas está sendo oficializado aos funcionários nesta terça-feira, dia 23. A Prefeitura de Veranópolis também já foi comunicada da decisão.

Ninguém se manifestou sobre o caso até o momento.