Grêmio encaminha acerto com ex-executivo do Bahia

O Grêmio já definiu o nome preferido para o cargo de diretor-executivo. A direção apresentou nos últimos dias uma proposta

O Grêmio já definiu o nome preferido para o cargo de diretor-executivo. A direção apresentou nos últimos dias uma proposta para Diego Cerri, 46 anos, que comandou recentemente o futebol do Ceará e do Bahia. As tratativas estão avançadas. 

Nas últimas semanas, o Tricolor entrevistou vários candidatos para o cargo, e o nome que mais agradou foi o de Diego Cerri. Conforme apurado por GZH, faltam poucos detalhes para as partes chegarem a um acordo.  

Tudo dando certo, o profissional será o gestor remunerado do departamento de futebol gremista e estará subordinado ao vice de futebol Marcos Herrmann e ao CEO Carlos Amodeo.

Paulista, Cerri iniciou a carreira em 2008 no Grêmio Barueri, onde foi preparador físico, técnico interino e diretor de futebol. Após passagem pelo Red Bull Brasil, destacou-se por trabalhos longos no Ceará (2013 a 2015) e no Bahia (2016 a 2020). 

No clube cearense, conquistou o bicampeonato estadual em 2013 e 2014 e a Copa do Nordeste 2015 e foi responsável pela contratação do então jovem meia Nikão, hoje destaque do Athletico-PR. 

Em 2016, Cerri conduziu o Bahia ao acesso à Série A, e, no ano seguinte, também ao título da Copa do Nordeste. Na sequência, viria ainda a ser tricampeão baiano, em 2018, 2019 e 2020. Acabou deixando o clube em dezembro de 2020, em acordo com a direção. 

Fonte: GZH