VEC perde e preocupa a sobrevivência no Gauchão

Derrota por 3 a 2 deixa a equipe com duas derrotas e três empates

E o VEC sofreu mais uma derrota no Campeonato Gaúcho. O que era para ser a primeira vitória na competição, acabou resultando em derrota e deixando o pentacolor na 10ª posição na tabela de classificação, porém, ainda faltam jogos para completar a rodada. As disputas que encerram a etapa serão nesta segunda e terça-feira, à noite. O Avenida enfrentará o Pelotas às 20h30min e o Inter enfrentará o Brasil de Pelotas às 20h40min. Já na terça, o São Luiz enfrenta o Novo Hamburgo, às 20h30min. Para o Veranópolis manter-se na 10ª colocação, ele deverá torcer para que Brasil de Pelotas e São Luiz sejam derrotados, caso contrário, o pentacolor entrará na zona de rebaixamento.

Contra o São José na tarde deste domingo, dia 03, no Estádio Passo D'Areia, em Porto Alegre, o VEC fez um bom primeiro tempo, chegou a sair na frente no placar, mas foi derrotado de virada por 3 a 2. O segundo tempo foi marcado por muitas falhas da Veranópolis. Juba, autor dos gols, no final da partida lamentou a atuação da equipe e afirmou que o time precisará trabalhar mais. “Tem que entrar em campo para rachar e apresentar novidades”, relatou.

“Não podemos admitir esses erros. Tomamos três gols praticamente de bola parada, saimos ganhando no primeiro tempo e desligamos no segundo. Isso não pode acontecer”, afirmou Jadson.

“A gente já sabia que iria ser um jogo difícil. Conseguimos sair na frente, tomamos gol por desatenção, logo em seguida tomamos outro e dois minutos depois, tomamos o terceiro. O Sananduva já tinha alertado sobre essa situação. Nada que aconteceu aqui que não foi avisado”, frisa o gerente de Futebol, Ademir Bertoglio.

O presidente Gilberto Generosi, destacou que o Clube deverá pensar sobre os rumos do time. “Preocupante. Cinco jogos e nenhuma vitória, isso preocupa. A maneira como levamos os gols, sem reação nenhuma. Não consigo entender isso. Agora, o momento é de cabeça fria, vamos pensar e vamos ver o que vamos fazer de agora em diante. Temos problemas, que todas equipes tem, mas temos que pensar em nós. Estamos bastante preocupados”, resumiu.

O diretor de Futebol, Dirceu Paulo Salla, no final da partida, garantiu a permanência da comissão técnica no comando da equipe.

A expectativa do Clube é na recuperação dos atletas que estão lesionados como Leo Dagostini e Eduardinho, que ainda não estrearam na competição.

Sábado, dia 09, o VEC enfrenta o Caxias, às 18h, no Estádio Centenário, em Caxias do Sul. Depois, no dia 17, o Veranópolis enfrenta o Juventude, às 17h, no ADF. E, no dia 23, pega o Grêmio, às 19h, na Arena.