VEC tem quatro jogos decisivos pela frente

Grêmio será o primeiro adversário

Quatro partidas e uma missão inglória pela frente. Para escapar do rebaixamento, o Veranópolis precisa, pelo menos, vencer duas e empatar uma partida, ou seja, somar sete pontos. O problema é que faltam quatro jogos para encerrar a primeira fase do Gauchão e o time ainda não engrenou.

Ainda sem vencer, a direção do pentacolor trocou de comandante: saiu Sananduva e chegou Hélio Vieira, na terça-feira (19). Uma última cartada para manter a escrita de nunca ter sido rebaixado.

O desafio é grande. O clima no treino de ontem foi de muita concentração e pouca conversa no gramado do Estádio Antônio David Farina. Não poderia ser diferente, tendo em vista que o próximo adversário é nada menos que o Grêmio, líder do Estadual, segunda-feira (25), na Arena, em Porto Alegre.

– (A troca de treinador) Mexe com a gente, mas esperamos que seja para melhor. O jogo contra o Grêmio não será nada fácil, eles estão colocando goleadas em todos os adversários. Mas agora começa um outro campeonato para nós, de quatro jogos, e precisamos dar tudo para sair dessa situação – destaca o meia Talles Cunha.

Falta pouco para o enfrentamento diante do Tricolor e mesmo um empate na Arena poderá fazer o time da Terra da Longevidade ver a permanência por mais uma temporada na elite como realidade. Depois, o time terá pela frente o Pelotas, em casa, o São Luiz, fora, e o Brasil-Pel, novamente no ADF. 

Para manter a escrita de nunca ter sido rebaixado na sua história, o VEC precisará escrever uma nova história no Gauchão.

Fonte: Jornal Pioneiro