Câmeras que identificam veículos irregulares entram em operação

Câmeras inteligentes estão entrando em ação.

Estão sendo instaladas, em rodovias da região, as novas câmeras ‘inteligentes’, como são chamados os tipos de equipamentos que identificam veículos em situação irregular na Serra.

Além de situações envolvendo a prática de crimes, também identificam pendências administrativas junto ao Detran-RS, como por exemplo, licenciamento vencido, IPVA, seguro obrigatório e outros. Serão mais cinco equipamentos posicionados em locais estratégicos das rodovias que fazem ligação entre os municípios da região, fazendo parte do projeto denominado Cercamento Eletrônico Regional.
Três já estão instaladas nas imediações de Bento Gonçalves. A iniciativa abrange 17 municípios da Serra. Ao todo, são 47 câmeras que estão em processo de instalação.

Em Bento Gonçalves, existe a central de monitoramento de todos os municípios da rede. A partir do momento em que o motorista em situação irregular é registrado pelo dispositivo, a câmera emite um sinal de alerta que é enviado para a central, que identifica na mesma hora o automóvel em situação de roubo ou alguma irregularidade.
Nas imediações de Bento já existem três, que estão em funcionamento. Dentro dos próximos dias, será implementado um link com o banco de dados do Centro Integrado de Operações da Segurança Pública (Ciosp) do Estado, o que vai permitir que as ocorrências sejam imediatamente registradas e repassadas para o comando estadual da Brigada Militar.

A aquisição dos equipamentos custou R$ 250 mil e foi feita de forma conjunta entre os municípios que fazem parte do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Sustentável da Serra Gaúcha (CISGA). Cada município ingressou com um valor para aquisição dos equipamentos.