Conheça as principais características do esporte que vem crescendo na Serra Gaúcha

Ao todo, região já conta com três times, que disputam competições estaduais.

Por Tamires Piccoli.

Apesar de um tanto diferente do futebol tradicional, o Futebol Americano –F.A. tem conquistado um grande público no Brasil. Identificado pela bola oval, jogadores paramentados com equipamentos e o grande uso de força física, o esporte alcançou os gramados nacionais na década de 90 e atualmente, conta com competições estaduais e nacionais.
O esporte é realizado em um campo com gramado, que mede 120 jardas de comprimento por 53 jardas de largura. As partidas são compostas por quatro períodos de 15 minutos, tendo uma duração média de uma hora. Neste tempo, o principal objetivo dos jogadores é avançar no campo adversário e marcar um Touchdown (principal pontuação que vale seis pontos cada). Para isto, cada equipe utiliza três grupos: ataque, defesa, e time de especialistas.
Diferente do futebol tradicional, os jogadores dos diferentes grupos não podem entrar em campo ao mesmo tempo. Quando o time possuí a posse de bola, o ataque é o responsável por comandar a jogada e conquistar as jardas. Já quando o adversário tem a bola, o grupo da defesa deverá impedir o avanço, bem como recuperar a posse de bola.

A bola oval no Rio Grande do Sul

Os times de futebol americano podem ser divididos em diferentes categorias. Os Full Pads são as equipes que jogam com equipamentos (capacete, ombreiras). Já os times da modalidade Flag jogam sem equipamentos, com excessão da flag – fita que é pendurada na cintura dos jogadores e, quando arrancada, equivale a um tackle (empurrão ou batida com força, que derruba o jogador, e para a jogada).
Conforme a Federação Gaúcha de Futebol Americano (FGFA), existem atualmente 15 times masculinos na categoria Full Pads e oito times na categoria Flag, sendo que nesta última são tanto masculinos quanto femininos.  Na região da Serra Gaúcha, três times têm participado de competições estaduais e contribuindo para a disseminação do esporte: Carlos Barbosa Ximangos, Juventude Futebol Americano e Bento Gonçalves Snakes.