Governo do RS quer começar a liberar grandes eventos a partir da próxima semana

O Governo do Estado pretende iniciar o processo de liberação de eventos, shows e público em estádios a partir da próxima semana.

O Governo do Estado pretende iniciar o processo de liberação de eventos, shows e público em estádios a partir da próxima semana. A intenção foi anunciada pelo coordenador do Gabinete de Crise do Rio Grande do Sul, Marcelo Alves, em reunião nesta quinta-feira (29) na Câmara de Vereadores de Porto Alegre. Mas ele destaca que ainda são aguardados os resultados doevento-teste realizado no último domingo (25) na Casa NTX, na zona norte da Capital, para definir como se dará essa flexibilização.

– A retomada está decidida. Só falta definir como a reabertura vai acontecer – disse Alves. – Vamos avaliar os dados até segunda (2) e aí já poderemos definir as regras.

Alves ressalta que já é possível observar que a vacina funciona, mas afirma que o Estado não vai permitir uma liberação “desordenada”, sob risco de criar novas variantes do coronavírus.

– Queremos fazer essa flexibilização, mas com todas as medidas sanitárias e em um movimento sem ida e vinda. Portanto, vamos esperar o momento certo, depois da análise do resultado desse primeiro evento-teste – reiterou.

Realizada por empresários do ramo de eventos, uma festa autorizada reuniu 556 pessoas no domingo (25), dispensando aos frequentadores o distanciamento e o uso de máscaras após a realização de teste de covid-19. Cerca de 200 pessoas que estiveram no evento-teste devem repetir o exame nesta semana. Os resultados ainda não haviam sido repassados às autoridades até o final da tarde.

O encontro entre o coordenador do Gabinete de Crise e os vereadores ocorreu no Plenário Ana Terra da Câmara Municipal, a convite dos vereadores Mauro Pinheiro (PL) e Ramiro Rosário (PSDB).

– Saímos da reunião com um resultado concreto para a população de Porto Alegre, que agora pode se programar. Queremos retomar a presença de público com total segurança para todos, evitando o vaivém que gera frustração nas pessoas – comentou Ramiro.

Pinheiro também destacou a importância da volta do público aos eventos esportivos, em especial no futebol, por gerar empregos não apenas nos clubes, mas também para muitas pessoas no entorno dos estádios. Uma nova reunião para discutir as regras específicas do retorno do público a eventos ficou marcada para a próxima quinta-feira (5).

Fonte: GZH