Sicredi Serrana forma coordenadores em curso de extensão

Na última sexta-feira, 26 de abril, foi realizada a cerimônia de formatura de 40 associados da Sicredi Serrana, que participaram

Na última sexta-feira, 26 de abril, foi realizada a cerimônia de formatura de 40 associados da Sicredi Serrana, que participaram ao longo do último ano do Curso de Extensão em Gestão de Cooperativas para Coordenadores de Núcleo. A formação foi uma parceria entre a Sicredi Serrana e a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), com aulas periódicas realizadas na Sede da cooperativa, em Carlos Barbosa.

A formação tem como objetivo ampliar a consciência e o conhecimento dos coordenadores de núcleo, tornando-os ainda mais contributivos e representativos no quadro social. Além disso, propõe-se estimular o surgimento de novas lideranças e aprimorar o processo de governança e sucessão, da cooperativa.

A primeira turma formada na Sicredi Serrana teve 40 participantes e já está sendo realizada a segunda turma, com 35 novos associados. A formação é realizada nas sextas e sábados, quinzenalmente, e tem a carga horário total de 168h/aula.

No evento realizado na última sexta, estiveram presentes cerca de 150 pessoas, entre formandos, familiares, representantes da Sicredi Serrana e corpo docente de professores. Fizeram o uso da palavra a diretora do Colégio Politécnico da UFSM, Marta Von Ende, o Coordenador do Curso de Extensão, Jaime Peixoto Stecca, e o presidente da Sicredi Serrana, Marcos André Balbinot. Em nome dos alunos, o formando Cleonei Spada, orador da turma, fez o uso da palavra.

Para a coordenadora de núcleo e participante do curso Scheila Arnhold, de Bom Princípio, a iniciativa foi muito positiva e auxiliou a compreender mais sobre o cooperativismo: “Precisamos entender, conhecer, saber argumentar sobre o cooperativismo e de como ele funciona, pois a maioria das pessoas ainda não sabe o que é uma cooperativa”, comenta.

Sobre a dinâmica adotada pelo curso, ela também enfatiza: “…gostei bastante, pois a maioria das aulas focava na prática, na realidade da cooperativa, isso é de grande valia para um maior entendimento dos conteúdos abordados nos encontros presenciais”, completa.