Segurança

Carro e armas usados em ação que resultou em morte de agente da Susepe são localizados em Caxias do Sul

Por volta do meio-dia desta segunda-feira (7), a polícia chegou ao local onde foi deixado o carro usado pelos criminosos que auxiliaram na fuga do preso Guilherme Fernando Mendonça Huff, 29 anos, durante a madrugada. O resgate terminou na morte do agente da Susepe Clóvis Antônio Roman, 54, e no ferimento de outro agente, além de funcionários da UPA Zona Norte em Caxias do Sul. 

O Passat, com placas de Criciúma, usado na fuga pelos comparsas que deram apoio para a ação criminosa, foi localizado em uma casa abandonada na Rua Ludovico Cavinato, no bairro Pioneiro. Segundo o delegado Cleber dos Santos Lima, no local, foram encontrados armas, sendo três fuzis e uma espingarda, coletes, a algema usada por Huff, munições e rádios para comunicação.

Não havia ninguém no local no momento em que a polícia chegou. O material foi encaminhado para a Delegacia de Homicídios de Caxias do Sul. 

— Quem descobriu foi diligências investigatórias da Delegacia de Homicídios, que fez um excelente trabalho. Agora, estamos trabalhando na identificação deles (dos comparsas que auxiliaram na fuga) — diz o delegado Lima. 

Até o momento, não houve a localização de Huff e dos comparsas que deram apoio à fuga.

Fonte: Pioneiro