Assistência Social de Nova Prata precisa de doações

Roupas infantis, masculinas adulto e cobertores em bom estado estão entre as demandasEm torno de 10 a 15 pessoas por

Roupas infantis, masculinas adulto e cobertores em bom estado estão entre as demandas
Em torno de 10 a 15 pessoas por dia vão até a Secretaria de Assistência Social em busca de atendimento. Entre as mais diversas carências, elas buscam doações de roupas infantis, cobertores e roupas masculinas. E são justamente as que mais faltam.
Conforme o secretário Alexsandro Pasin Pires, a procura por doações acontece o ano inteiro, mas se intensifica nos períodos mais frios.
– Quando recebemos as doações, as roupas passam pela triagem e todas são lavadas. Pequenos reparos também são feitos aqui. Mas, infelizmente, também acontece o descarte, pois algumas peças não têm condições de uso – relata o secretário.
Simone Piano, assessora da Secretaria de Assistência Social, lida diretamente com as doações no Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) e endossas as palavras do secretário. Ela lembra que no momento de doar, é necessário analisar as condições das roupas.
– Recebemos roupas sujas e rasgadas, além de calçados faltando o par. Nosso trabalho é fazer a triagem, porém muitas doações são descartadas – comenta Simone.
Inverno Quente
Quem não puder ir até a Secretaria Municipal de Assistência Social, pode colaborar com a Campanha do Agasalho Inverno Quente nos pontos de coleta onde estão caixas identificadas: na Prefeitura, nos supermercados Porta, Bavaresco, São Pelegrino e Lorencet; na agência dos Correios, na Lotérica e na Farmácia Agafarma, em frente ao hospital São João Batista.

Outros serviços
O trabalho na Secretaria e no Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) vai além de receber e entregar doações.
O atendimento inicia com o acolhimento realizado pela equipe técnica do CRAS, psicóloga e assistente social, quando são identificadas as necessidades com encaminhamento ao serviço público específico, como a saúde, ou recebem alimentos e ainda auxílio para confecção de documentos.
A equipe técnica também realiza levantamento socioeconômico, através de visitas às famílias, que resulta no mapa social para localizar a vulnerabilidade social.
Na Secretaria de Assistência Social, a equipe é formada por profissionais com a mesma graduação, psicologia e assistência social, e atua especificamente na área da infância e juventude, além de auxílios pontuais.
– O trabalho tem que ser justo e agradecemos imensamente a todos que colaboram conosco – salienta Alexsandro.

Mais informações sobre doações e serviços da assistência social do Município podem ser obtidas através do telefone (54) 3242.8279.