Bombeiros permanecem fazendo rescaldo do incêndio na empresa Schio, em Vacaria

Os bombeiros de Vacaria permanecem na empresa Agropecuária Schio na BR 285, em Vacaria, fazendo o rescaldo do incêndio que

Os bombeiros de Vacaria permanecem na empresa Agropecuária Schio na BR 285, em Vacaria, fazendo o rescaldo do incêndio que tomou proporções gigantescas na noite de segunda-feira dia 07. Além dos bombeiros de Vacaria também houve auxílio de bombeiros de Caxias do Sul, Flores da Cunha e São Marcos. Também trabalharam bombeiros voluntários de Bom Jesus e Antônio Prado. O fogo está totalmente controlado, mas ainda há focos de fumaça devido ao material dentro dos dois pavilhões que foram consumidos pelo fogo.

Chiquinho Schio, filho do diretor geral da empresa, Francisco Schio, concedeu entrevista à Rádio Esmeralda e falou do sinistro. Disse que as causas ainda estão sendo apuradas, bem como o montante dos prejuízos, mas afirmou que a empresa tinha seguro. O empresário comentou que o fogo destruiu dois pavilhões, responsáveis por 90 por cento da armazenagem de maçã, onde tinham 26 câmaras frias.

O diretor garantiu que os cerca de 300 funcionários serão remanejados para outra unidade da empresa Schio na BR 116, área industrial, mas ninguém será demitido. Na tarde desta terça-feira, dia 8, os servidores já retornam ao trabalho. Após a liberação da área pelos bombeiros é que os engenheiros da empresa vão apurar as causas e contabilizar os prejuízos. Ninguém dos funcionários ficou ferido neste incêndio, porém dois bombeiros sofreram pequenas lesões. Um deles inalou fumaça e outro torceu o tornozelo. Foram atendidos no Hospital Nossa Senhora da Oliveira e liberados.

O incêndio

O Corpo de Bombeiros de Vacaria foi acionado na noite desta segunda-feira(7), às 20h40min para combate a incêndio de grandes proporções iniciado em uma câmara fria da empresa Schio. Haviam 300 funcionários no interior quando as chamas começaram. A empresa do ramo de maçãs está localizada no km 5, BR-285, no Distrito Industrial I, em Vacaria. Os bombeiros conseguiram conter as chamas por volta das 02h, já que se espalharam atingindo ao todo três pavilhões, os quais ficaram totalmente destruídos. As unidades seguem no local fazendo o rescaldo e analisando as circunstâncias. Dois bombeiros precisaram de atendimento médico por inalarem a fumaça, pois no local tinha presença de hidróxido de Amônia. Equipes de bombeiros de diversas cidades da Serra Gaúcha se deslocaram em apoio. Totalizando 30 agentes. A PRF auxílio na orientação do trânsito.

fonte: leouve