Colégio São Tiago é alvo de ameaça de suposto ataque e preocupa familiares em Farroupilha

A comunidade do Colégio Estadual São Tiago, em Farroupilha, está vivendo momentos de tensão nos últimos dias após uma ameaça

A comunidade do Colégio Estadual São Tiago, em Farroupilha, está vivendo momentos de tensão nos últimos dias após uma ameaça de um suposto ataque na instituição de ensino. O caso veio à tona na manhã desta segunda-feira (18) após a divulgação de uma orientação por parte da escola em um grupo de conversas por aplicativo com os familiares.

A reportagem do Grupo RSCOM entrou em contato com a direção. Conforme o relato, na última semana, entre outros acontecimentos, foi encontrado dentro do banheiro masculino, escrito na parede, a frase “Massacre em 15/04”, porém, dia 15 era feriado e não houve aula. Agora, a escola se preocupa com o um suposto “estouro” na próxima quarta-feira (20).

Na madrugada da última quarta-feira (13), dois indivíduos entraram no pátio da escola, quebrando alguns vidros, forçando a porta principal e quebrando câmeras de segurança. Já no final da manhã do mesmo dia, um rojão foi estourado na parada de ônibus que fica em frente à escola.

Todos os fatos foram relatados em um boletim de ocorrência junto às forças de segurança e a direção tem mantido conversas com a Brigada Militar, que aumentou o patrulhamento na região.

No comunicado, a escola também diz que as famílias que não se sentirem seguras em mandar seus filhos para a aula durante os próximos dias, podem manter as crianças em casa, bastando apenas avisar a instituição.

A direção também afirma que alunos que tiverem qualquer informação que possam levar aos responsáveis pelos atos, podem procurar o corpo docente para conversar.

Confira o comunicado na íntegra:

Senhores pais e alunos, desde a semana passada estamos sendo questionados sobre possível ataque a nossa escola, dizendo que haverá um “estouro” na quarta-feira ( semana entre os dias 18 a 22 de abril), contudo tais informações surgiram de alguns alunos de turmas do Ensino Médio. Devido ao grande número de mensagens e também preocupados com a tranquilidade das famílias, bem como dos alunos, resolvemos, como direção, expor tudo o que está sendo feito para garantir a segurança de nossos alunos e também para que a Comunidade Escolar tenha conhecimento dos fatos atuais.

🚨No início de abril, foi escrito no banheiro masculino “15/04 massacre” – Foi investigado, porém como não é permitido câmera no banheiro, não foi encontrado culpado.

🚨No dia 13/04, de madrugada, dois elementos entraram no pátio da escola e praticaram atos de vandalismo no prédio da escola, quebrando vidros, tentando arrombar uma das portas de acesso ao prédio e quebrando uma das câmeras de monitoramento externa, contudo os elementos não entraram no prédio da escola – As imagens dos meliantes serão investigadas pela polícia para identificação dos mesmos.

🚨No dia 13/04, próximo ao horário do meio-dia, estouraram um rojão na parada de ônibus que fica em frente ao colégio, fora do terreno da escola.

🚨No dia 13, também surgiu comentário de que na próxima quarta-feira ( 20/04) haverá um “estouro” – estes dois últimos itens mencionados, foram encaminhados à polícia, foi feito boletim de ocorrência, bem como foi conversado com o delegado para que fossem tomadas as devidas providências, como policiamento mais ostensivo e investigação das informações recebidas. Além disso, a escola contratou serviço de monitoramento para os 3 turnos da escola.

Estamos, como direção, tomando as providências cabíveis, mesmo assim, as famílias que sentirem-se confortáveis em manter seus filhos em casa, devem fazê-lo. Sabemos que não é uma situação que agrada a Comunidade Escolar, mas é o que podemos dizer até o momento atual.
A Direção.

fonte: leouve