Festival de Nova Prata será o primeiro na América a contar com Concurso de Danças Folclóricas

O Festival Internacional de Folclore de Nova Prata será o primeiro na América a sediar o Concurso Internacional de Danças

O Festival Internacional de Folclore de Nova Prata será o primeiro na América a sediar o Concurso Internacional de Danças Folclóricas da FIDAF. Alcançando a sua 15ª edição, o evento se renova e atrai grupos profissionais em busca do primeiro troféu da competição. Serão cinco noites de diferentes espetáculos, de 11 a 15 de setembro, no palco do ginásio Alcides Tarasconi, no bairro Santa Cruz, que a região poderá ver e avaliar a desenvoltura de centenas de artistas.

A entidade mundial FIDAF (Federação Internacional de Festivais de Dança) nasceu a partir da necessidade de congregar festivais competitivos, tendo a ideia sido lançada durante o festival de Büyükcekmece, na Turquia, em 2011. Já em 2012, ocorreu a fundação de fato durante o Festival Mundial de Cheonan na Coréia do Sul, local que também mantém a sede mundial da FIDAF, sendo o Brasil um dos membros fundadores.

Desde então, diversos países aderiram à entidade, além de importantes festivais competitivos, como o de Agrigento, na Itália; Mallorca, na Espanha; Siauliai, na Lituânia; Carpati, na Romênia; Sofia, na Bulgária; dentre outros. Festivais competitivos, por via de regra, sempre possuem os melhores grupos folclóricos, com maior nível técnico, uma vez que almejam ser os vencedores do festival.  Para o público, também é um diferencial em si, pelo fato de terem a oportunidade de apreciar espetáculos de elevada categoria.

Segundo o representante nacional da FIDAF no Brasil e presidente do Setor América da FIDAF, Régis Bastian, na América não havia competição até o momento, apenas um desejo da entidade em realizar um. “Nova Prata mostrou-se a cidade ideal para sediar tal evento pelo fato de já organizar um festival há diversos anos com qualidade reconhecida no mundo todo. Então, durante a edição de 2018 do Festival, foi lançada a ideia, e os primeiros contatos com os grupos iniciaram. Dessa forma, conseguimos atrair companhias de renome mundial para esta primeira competição FIDAF na América”, afirma. A seleção foi criteriosa; foram convidados grupos campeões de diversas competições FIDAF pelo mundo, a fim de ser um grande campeonato mundial. Estão confirmados para a disputa: Rússia, Bulgária, Romênia, Eslováquia, México e Filipinas.

Durante os três dias competitivos, serão avaliados itens como técnica, figurino, música, coreografia, harmonia, além de impressão geral por uma equipe de três jurados do Brasil, Espanha e Turquia, todos com experiência mínima de 15 juris internacionais da FIDAF. Esses avaliadores definirão o primeiro e segundo lugares, melhor coreografia, melhor figurino, melhor música e o prêmio especial do júri, no qual cada grupo poderá ter 90 pontos no total. 

Além disso, em Nova Prata, acontecerá algo inovador em festivais competitivos: o prêmio de público, que já é conferido em outros festivais, porém num formato diferente, em que as pessoas da plateia poderão votar no seu grupo favorito, a fim de escolher o grande destaque popular. A inovação pratense se dará pela forma de votação: a população poderá baixar um aplicativo para dar a sua nota. A partir da próxima semana, ele estará disponível nas plataformas digitais. Em outros festivais, a votação se dá ainda de forma artesanal.
Além dos quesitos mencionados, ainda são observados itens como disciplina e toda cooperação do grupo no Festival. Essa observação é feita pela organização do evento e conta 10 pontos na planilha final. “Certamente Nova Prata terá uma das competições mais intensas já realizadas até então, devido à qualidade artística dos grupos concorrentes”, ressalta Bastian.

Além dos países que estarão na competição, já está confirmada a presença de Argentina, Paraguai, Chile, Colômbia, além do Brasil nas apresentações das cinco noites do evento.

Os ingressos estão sendo vendidos no Centro de Informações Turísticas de Nova Prata. Informações sobre os ingressos podem ser obtidas pelo telefone (54) 3242.4713 ou pelo 99705.2546.