Granja Baccarin de Protásio Alves conquista a quarta premiação consecutiva

A administração municipal de Protásio Alves destaca a premiação conquistada pela Granja Baccarin: o primeiro lugar na categoria 501 a

A administração municipal de Protásio Alves destaca a premiação conquistada pela Granja Baccarin: o primeiro lugar na categoria 501 a 1 mil matrizes; o terceiro lugar na categoria geral e o primeiro lugar no Estado.

O troféu e o certificado do Prêmio Melhores da Suinocultura Agriness (11ª edição) foram entregues na quarta-feira, 22, no salão de atos da PUC/RS, em Porto Alegre.

Aldir João Baccarin que há 20 anos dedica-se à suinocultura na comunidade São Vitor, no interior de Protásio Alves, comenta que a granja, onde trabalham seis pessoas, recebe a premiação há quatro anos consecutivos sendo o terceiro lugar em 2015, o primeiro em 2016, o segundo em 2017 e, novamente, o primeiro referente ao ano de 2018.

A premiação Agriness avalia a produtividade de cada matriz (leitões desmamados por fêmea) das granjas que utilizam sua tecnologia. A Baccarin alcança 35,51/ano, sendo que utiliza a tecnologia Agriness desde 2006. Hoje, a Granja Baccarin possui 510 matrizes com produção destinada à integração.

Concorrem à premiação, produtores brasileiros e de outros oito países totalizando cerca de 1,5 milhão de matrizes avaliadas. Baccarin diz que a suinocultura está mais produtiva e se reinventando a cada ano que passa. “Ser bom já não é suficiente, é preciso aceitar o desafio de sermos cada vez melhores”, comenta. Ele já prevê novas adaptações em sua granja visando o “bem estar animal”.

A administração municipal parabeniza a Granja Baccarin por projetar o nome de Protásio Alves a nível internacional e em tão importante premiação.