Ministério Público cumpre mandados envolvendo segmentos da região

O Ministério Público Estadual (MPE) cumpre 10 mandados de busca e apreensão na manhã desta sexta-feira (08) para apurar supostas

O Ministério Público Estadual (MPE) cumpre 10 mandados de busca e apreensão na manhã desta sexta-feira (08) para apurar supostas irregularidades administrativas da prefeitura de Ipê. As investigações buscam apurar delitos na contratação e execução dos serviços de recolhimento de lixo e transporte escolar. 

Entre os procedimentos, agentes do MP cumpriram mandado judicial de suspensão do exercício do cargo do secretário de Agricultura e Meio Ambiente de Ipê, Célio Lisboa Duarte. Ele ficará afastado da função pelo prazo de 180 dias.

Também foram cumpridos mandados de suspensão do exercício de atividade econômica contra uma servidora municipal e um empresário do ramo de transporte público. Ambos também pelo prazo de 180 dias.

Conforme o MP, na investigação foi apurada a “ingerência da administração municipal em relação ao quadro de empregados de uma empresa contratada para o recolhimento de lixo na cidade. 

Na operação, também foi verificado o direcionamento da compra de maquinário por meio de “repasse de vantagem indevida ao prefeito”. Os mandados foram cumpridos por  agentes da Procuradoria de Prefeitos e o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

Nota da prefeitura

 

A prefeitura de Ipê emitiu nota sobre operação deflagrada pelo Ministério Público Estadual (MPE) na manhã desta sexta-feira (08), que investiga supostas irregularidades na administração pública. Foram cumpridos 10 mandados de busca e apreensão. 

No comunicado, a prefeitura afirma estar colaborando com as investigações de Ipê e cumprindo as decisões do Tribunal de Justiça por pedido da Procuradoria de Prefeitos. Na nota, o prefeito de Ipê,  Valério Ernesto Marcon (PP), disse “sempre trabalhou com lisura e transparência” e alegou que está sofrendo perseguição política no município.

“Existem pessoas que não aceitaram os resultados das urnas e que frequentemente tem usados de influência para atrapalhar o bom andamento dos serviços prestados pela administração municipal”, diz a nota.

Na operação, foi determinada também o afastamento do secretário de Agricultura e Meio Ambiente de Ipê, Célio Lisboa Duarte.

Mandado em Paraí

Uma empresa localizada no Município de Paraí foi alvo de cumprimento de mandados de busca e apreensão e durante as buscas na residência de um dos proprietários, foi encontrado um revólver calibre 22 e 27 munições intactas de mesmo calibre. O indivíduo foi encaminhado à Delegacia de Polícia de Paraí para registro de ocorrência. A mesma empresa foi alvo de mandado em Nova Bassano.