Estados começam a vacinar adolescentes sem comorbidades; RS ainda não tem previsão para início

Em 30 de agosto, São Paulo começará imunização de jovens de 15 e 17 anos

O Distrito Federal começou, nesta terça-feira (24), a vacinação contra a covid-19 em adolescentes de 17 anos sem comorbidades. Até ontem, a capital estava imunizando somente pessoas acima dos 18 anos ou adolescentes de 12 a 17 anos com comorbidades, autismo e Síndrome de Down.

Outra capital que já está imunizando jovens abaixo dos 18 anos e sem comorbidades é Macapá (AP). Desde o sábado passado, a prefeitura vacina adolescentes de 17 anos. A previsão é que 150 mil pessoas – tamanho do público de 12 a 17 anos na cidade – sejam vacinadas com ao menos uma dose até 10 de setembro.

Já o Estado de São Paulo deve começar a imunização dos adolescente em geral a partir do dia 30 deste mês. Inicialmente, o público alvo será quem tem entre 15 e 17 anos e, após 6 de setembro, para os de 12 a 14 anos.

O Rio Grande do Sul, no entanto, ainda não tem previsão para iniciar a vacinação desse grupo. Por ora, o Estado segue a imunização dos adolescentes com comorbidades.

A Secretaria Estadual da Saúde afirma que começará a vacinar adolescentes no geral somente quando o Ministério da Saúde der aval, o que ainda não aconteceu. A pasta afirma que aguarda instruções e doses para incluir o grupo na campanha.

Via GZH