Julho amarelo: mês de combate das hepatites virais

A campanha “Julho Amarelo” foi instituída no Brasil com o objetivo de reforçar as ações de vigilância, prevenção e controle das hepatites virais

A campanha “Julho Amarelo” foi instituída no Brasil com o objetivo de reforçar as ações de vigilância, prevenção e controle das hepatites virais.

A hepatite é uma inflamação do fígado que pode ser causada por vírus ou pelo uso de alguns medicamentos, álcool e outras drogas, assim como por doenças autoimunes, metabólicas ou genéticas. Nem sempre a doença apresenta sintomas, mas quando aparecem, estes se manifestam na forma de cansaço, febre, mal-estar, tontura, enjoo, vômitos, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras.

No caso das hepatites virais, estas são inflamações causadas por vírus classificados da seguinte forma:

Hepatite A: com o maior número de casos, esse tipo de hepatite está diretamente relacionado às condições de saneamento básico e de higiene. É uma infecção leve e se cura sozinha, possuindo vacina.

Hepatite B: é o segundo tipo com maior incidência, atingindo maior proporção de transmissão por via sexual e contato sanguíneo. A melhor forma de prevenção para a hepatite B é a vacina, associada ao uso do preservativo.

Hepatite C: a principal forma de transmissão é pelo contato com sangue. É a principal causa de transplantes de fígado e pode causar cirrose, câncer de fígado e morte. Não há vacina, porém atualmente existe tratamento.

Hepatite D: é causada pelo vírus da hepatite D (VHD) e ocorre apenas em pacientes infectados pelo vírus da hepatite B. A vacinação contra a hepatite B também protege de uma infecção com a hepatite D.

Hepatite E: é causada pelo vírus da hepatite E (VHE) e transmitida por via digestiva (transmissão fecal-oral). Esse tipo de hepatite não se torna crônica, porém, mulheres grávidas que forem infectadas podem apresentar formas mais graves da doença.

Em Veranópolis, as Unidades de Saúde realizam testes rápidos de Hepatite B e C, de forma gratuita, que demoram cerca de 30 minutos. Basta apenas o agendamento prévio.

Confira os contatos:

☎️ Posto de Saúde Central: (54) 3441 1458

☎️ ESF Santo Antônio: (54) 3441-8178

☎️ ESF São Francisco: (54) 3441-4491

☎️ ESF Renovação: (54) 3441-8341

☎️ ESF Medianeira: (54) 3441-6797

☎️ UBS Universal: (54) 3441-4127