Caxiense é sequestrada, fica 10 horas sob a mira de bandidos e é libertada no Litoral

Pânico. Medo. Preocupação. Por 10 horas, uma mulher de 26 anos ficou nas mãos de criminosos armados até ser libertada.

Pânico. Medo. Preocupação. Por 10 horas, uma mulher de 26 anos ficou nas mãos de criminosos armados até ser libertada. O sequestro teve início no bairro Ana Rech, em Caxias do Sul, e só terminou na praia de Arroio Teixeira, no Litoral Norte do Rio Grande do Sul.

Por volta das 17h de segunda-feira (4), a vítima foi abordada por um bandido armado e colocada, encapuzada, no próprio carro: um HB20 de cor branca. Acredita-se que os criminosos trocaram de veículo na sequência.

Os ladrões teriam dito que queriam dinheiro e que, se conseguissem, a vítima não seria machucada. Os bandidos negociaram a liberdade da mulher com o namorado dela, por telefone. O homem, então, conseguiu uma certa quantia em dinheiro e deixou o valor na encruzilhada da Avenida Rio Branco com a BR-116, em Ana Rech.

Já era madrugada de terça-feira (5), por volta das 3h, quando a vítima foi libertada pelos bandidos na Rua Manoel Quadros, praia de Arroio Teixeira. Os bandidos retiraram o capuz da cabeça da mulher e a obrigaram a caminhar sem olhar para trás.

Um morador do Litoral a socorreu e os familiares foram até a praia para resgatar a vítima. A ocorrência foi registrada e, também, encaminhada para investigação do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) de Porto Alegre.

 

 

 

 

 

 

Fonte: Portal Leouve