Morto em acidente na ERS-122 atuou por 30 anos como bombeiro em Caxias do Sul

Marcos Eugênio Brum de Camargo, 49 anos, morreu após uma colisão entre dois veículos no início da tarde deste domingo

Marcos Eugênio Brum de Camargo, 49 anos, morreu após uma colisão entre dois veículos no início da tarde deste domingo (18), na ERS-122, próximo a Estrada dos Romeiros, entre Caxias do Sul e Farroupilha.

Bombeiro aposentado há cerca de dois anos. Natural de Lagoa Vermelha, Camargo serviu como 1º Tenente da BM, durante 30 anos no 5º CRB. Atualmente estava atuando como motorista de ambulância de uma empresa particular. Ele conduzia a Pajero que se envolveu em um acidente na ERS-122, no início da tarde deste domingo.

Conforme informações do condutor do outro veículo envolvido no acidente, Camargo teria perdido o controle do veículo em que estava e invadiu a pista contrária atingindo a lateral do Astra em que dirigia. Com o impacto da colisão, o Astra rodopiou na pista e parou cerca de 30 metros do ponto da batida.

Já a Pajero foi projetada para o acostamento e capotou várias vezes até parar sobre as pedras de um barranco ao lado da rodovia. Uma ambulância do Samu esteve no local, entretanto, o homem morreu no local do acidente antes de receber os primeiros socorros.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros de Caxias esteve no local para fazer a retirada do corpo das ferragens. Uma mulher que estava no veículo Ipanema foi socorrida com vários ferimentos e levada para o Hospital Pompéia.

O trânsito na ERS-122,entre Caxias e Farroupilha ficou parcialmente interrompido. O Grupo Rodoviário de Farroupilha orientou o trânsito no local até a retirada dos veículos.

Marcos Eugênio está sendo velado na Capela A do Memorial São José. A cremação está marcada para a tarde desta segunda-feira (19), no Memorial Crematório São José. A cerimônia de despedida ocorre às 16h30min.

Fonte: Portal Leouve.