Foguete chinês é visto do litoral gaúcho e destroços caem no Oceano Índico

Os destroços de um foguete chinês caíram no Oceano Índico, a oeste do arquipélago das Maldivas, segundo a mídia estatal chinesa informou

Os destroços de um foguete chinês caíram no Oceano Índico, a oeste do arquipélago das Maldivas, segundo a mídia estatal chinesa informou no início da madrugada deste domingo (9). A nave estava descontrolada e não se sabia onde iria cair. A maior parte dos componentes foi desintegrada na reentrada na atmosfera terrestre, de acordo com o G1. 

O país asiático colocou em órbita o primeiro módulo de sua estação espacial em 29 de abril, graças a um foguete Longa Marcha 5B – o mais poderoso e imponente lançador chinês. É a primeira parte deste foguete, atualmente em órbita, que retorna à Terra.  

Pedaços da nava entraram na atmosfera no final da noite de sábado (às 10h24, horário de Pequim). Elas caíram nas coordenadas de 72,47° de longitude leste e 2,65° de latitude norte, segundo o Escritório Chinês de Engenharia Espacial. Baseado em dados militares dos Estados Unidos, o Space-Track também confirmou a entrada na atmosfera.

O foguete sem controle foi visto em Torres, no litoral norte gaúcho, às 19h06min de quinta-feira (6). O objeto também foi avistado em Santa Catarina, São Paulo e Minas Gerais entre quinta-feira e este sábado (8).

Fonte: GZH