Veranópolis decide acatar decisão do governo e mantém aulas presenciais suspensas

Atualizada às 13:54h Através de uma nota, divulgada na tarde desta segunda-feira (26), a Secretaria de Educação de Veranópolis informou

Atualizada às 13:54h

Através de uma nota, divulgada na tarde desta segunda-feira (26), a Secretaria de Educação de Veranópolis informou que decidiu por acatar a decisão do Governo do Estado e manter a suspensão das aulas presenciais e lamenta o transtorno ocorrido pela divergência de informações ocorridas nos últimos dias.

Confira a nota na íntegra:

No início da manhã desta segunda-feira, dia 26 de abril, o Governo do Rio Grande do Sul informou que estão suspensas as aulas presenciais no estado. O retorno às aulas para a Educação Infantil, 1º e 2º anos  do Ensino Fundamental, foi anunciado na sexta-feira, dia 23, mas suspenso por decisão judicial no domingo. Diante do impasse, o Governo Estadual voltou atrás da sua decisão e suspendeu o retorno presencial das atividades escolares.

A Prefeitura de Veranópolis, por meio da Secretaria da Educação, Esportes, Lazer e Juventude, lamenta todo o transtorno ocorrido sobre esse assunto e informa que devido a instabilidade das decisões tomadas pelo Governo do Estado do Rio Grande do Sul que envolvem o retorno às aulas presenciais, a partir deste momento questões que sejam referentes a esse assunto serão anunciadas sempre na quarta-feira de todas as semanas, através de nota informativa nas mídias. Essa conduta visa preservar a organização e o melhor desenrolar das atividades escolares no município.

Assim, seguindo as determinações do Governo Estadual, o município de Veranópolis suspende o retorno das atividades escolares presenciais que estavam programadas para essa semana.

—————-

A Secretaria Municipal da Educação resolveu seguir com a decisão que tomou na semana passada e vai manter as escolas abertas em Veranópolis nesta segunda-feira (26). Alunos da Educação Infantil frequentam as instituições nesta manhã. No entanto, a adesão é baixa: das cerca de 550 crianças matriculadas, aproximadamente 160 foram para as aulas nas quatro escolas do município. 

O 1º e 2º ano do Ensino Fundamental também voltam frequentar as escolas nesta segunda-feira, mas à tarde. De acordo com a secretária da Educação, Izabel Menin, são cerca de 400 alunos matriculados e, por um levantamento feito na semana passada, a maioria retornará às atividades presenciais. Ainda segundo ela, uma reunião ao longo do dia vai definir como ficará a situação nos próximos dias.  

Izabel destaca que o momento de incertezas diante de diferentes posicionamentos gera uma instabilidade que dificulta o trabalho. No final da semana passada, o Estado editou um decreto autorizando o retorno às aulas presenciais. O final de semana teve decisões judiciais contrárias e, nesta segunda-feira, o Piratini disse que a volta das atividades estava suspensa. 

— É quase enlouquecedor. Não é uma atitude simplista de abrir e fechar escolas. Ela envolve logística de merenda escolar, de transporte escolar. Esse comprometimento, além de ser organizacional, vai na questão emocional das crianças — afirma Izabel.  

Outros municípios da Serra, como Bento Gonçalves e Farroupilha, tinham definido o retorno às atividades na rede municipal a partir de quarta-feira e, portanto, não foram impactados pela nova orientação do Estado. No entanto, a prefeitura de Bento disse que cerca de 20 escolas da rede particular reabriram nesta segunda-feira.  A Procuradoria Geral do Município também divulgou nota em que se posiciona a favor da manutenção das aulas, mas solicitou que as escolas que ainda não abriram continuem com as aulas suspensas e aguardem o julgamento de recurso do Governo do Estado, às 18h. Diz que depois disso dará uma nova orientação. A prefeitura de Bento informou ainda que fará testagem de professores das escolas municipais, estaduais e particulares, para garantir mais segurança no retorno às atividades.

Em Caxias do Sul, a volta às aulas presenciais ainda não havia sido definida para a rede municipal, mas parte da rede particular reabriu no início da manhã.  

Fonte: Pioneiro