Daronco relata ameaça de morte no vestiário em Veranópolis

O árbitro Anderson Daconco relatou na súmula do empate entre Veranópolis e Inter, nessa quarta-feira, que foi ameaçado de morte no

O árbitro Anderson Daconco relatou na súmula do empate entre Veranópolis e Inter, nessa quarta-feira, que foi ameaçado de morte no vestiário do estádio Antônio David Farina após a partida. A ameaça, segundo o relato do juiz, foi feita por uma pessoa com roupas do VEC, que não foi identificada.

“Uma pessoa com camiseta do Veranópolis, que não foi possível identificar pelo nome, teve acesso pelo campo de jogo e junto às escadas de entrada do nosso vestiário começou a ameaçar a equipe de arbitragem. Ele proferiu as seguintes palavras: ladrão, vagabundo, tu merece morrer seu filho da p… Nós vamos matar vocês, vocês são comprados pelo Inter”, relatou Daronco.

Além das ameaças dessa pessoa não identificada, Daronco relatou na súmula que dois dirigentes do Veranópolis, Ademir Bertoglio e Vilson Roncatto, também ofenderam os árbitros da partida.

Veranópolis e Inter empararam por 1 a 1 na noite dessa quarta-feira em jogo válido pela quarta rodada do Gauchão. A principal reclamação do VEC, que teve o volante Kaio expulso no começo do segundo tempo, foi por um pênalti não marcado de Rodrigo Moledo na primeira etapa, quando o jogo estava empatado por 0 a 0.

Com informações do Correio do Povo.