Cerca de 50 casas foram inundadas na Linha Alcântara, em Bento

A cheia no Rio das Antas registrada entre a terça-feira, 07/07, e a quarta-feira, 08/07, provocou prejuízos a diversas famílias

A cheia no Rio das Antas registrada entre a terça-feira, 07/07, e a quarta-feira, 08/07, provocou prejuízos a diversas famílias em Bento Gonçalves. De acordo com a Defesa Civil, cerca de 50 casas foram inundadas na Linha Alcântara, no distrito de Faria Lemos. De acordo com moradores, essa teria sido a maior enchente dos últimos 50 anos. A última mais grave havia sido registrada em 2001. 

“Nós fomos ao local buscar pessoas que possivelmente estivessem isoladas, porque havíamos recebido duas ocorrências de famílias que estariam ilhadas em suas casas. Oferecemos auxílio a essas famílias, mas a maior parte já não tinha mais o que fazer”, relata o coordenador da Defesa Civil de Bento Gonçalves, Thiago Fabris. 

Pelo menos duas casas na localidade foram levadas pela força da água. Uma, localizada alguns metros acima da ponte de Cotiporã, pertencia ao bento-gonçalvence Fernando Mascarello. Segundo ele, a casa era utilizada apenas para passar os finais de semana, mas o prejuízo é de, aproximadamente, R$ 150 mil. 

Nesta quinta-feira, 09/07, moradores afirmam que a água já baixou em torno de 2 metros. Uma guarnição da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) esteve no local e informou que todos os trechos anteriormente bloqueados na ERS-431 já estão liberados.

 

Fonte:  Serranossa