Entrevista com o candidato a prefeito de Serafina Corrêa Nelson Mezzomo

Desde a última quarta-feira (21), O Estafeta está publicando série de entrevistas com os candidatos a Prefeito dos municípios da região,

Desde a última quarta-feira (21), O Estafeta está publicando série de entrevistas com os candidatos a Prefeito dos municípios da região, seguindo critério de ordem alfabética dos candidatos, sendo dois por edição. A seguir, você confere a entrevista completa com o candidato Nelson Mezzomo, do município de Serafina Corrêa.
 

Como vereador, Nelson foi reconhecido pela transparência  e competência com a qual conduziu seu mandato como Presidente da Câmara. Sua trajetória de vida é marcada por conquistas, prova de que a dedicação e o comprometimento é que fazem a diferença. Abraçar desafios, cuidar das pessoas e sonhar com projetos que movam Serafina em direção ao progresso e ao desenvolvimento, são marcas da personalidade do nosso futuro prefeito Nelson Mezzomo.

Também vindo do meio rural, Zatti traz o acolhimento familiar como um dos pontos mais evidentes em sua vida e tem a humildade e a honestidade como marcas da sua personalidade.

Defina política em uma palavra:

Responsabilidade

O que significa democracia para o senhor?

Compartilhar responsabilidades, ouvir e decidir em conjunto, pelo melhor para todos.

Porque você quer ser prefeito do seu município?

Chegou a hora de retribuir com trabalho todas as oportunidades que Serafina nos proporcionou, estamos preparados, conhecemos a realidade da nossa gente, temos que ter o pé no chão, e assumir as responsabilidades.  Quem se dispõe a administrar um município não pode ficar arrumando desculpar por não ter feito o que precisava. Sabemos que as dificuldades são muitas e já estamos com o plano de recuperação econômica, social e estrutural prontos para recolocar Serafina nos trilhos novamente.

No seu ponto de vista, qual é a principal prioridade do município e como atender essa demanda?

Quando tratamos de um município não podemos eleger uma prioridade, pois temos vários fatores que precisam ser levados em consideração, e um interfere no outro. Uma visão global para fazer um planejamento em conjunto, evitando o desperdício de recursos e otimizando o tempo dos servidores, fará com que consigamos atender bem e resolver as principais demandas em todas as áreas públicas, assim, cada secretaria poderá dar uma resposta satisfatória para a população.

Muitas entidades precisam de auxílio do município para se manterem. Como você pretende atuar nisso?

Temos como um princípio ouvir, para que possamos entender e construir uma solução que realmente resolva os problemas.  Nosso objetivo é fortalecer todas as entidades, pois cada uma delas representa um setor ou um grupo, que auxilia a comunidade, e muitas delas atuam em áreas onde o poder público não alcança.

Como o senhor irá montar a equipe de trabalho de sua gestão? Afinal, ela fará toda a diferença na execução de seus projetos. Se você é candidato a reeleição, manterá as mesmas pessoas? 

Uma das convicções que eu e o Zatti temos é que a qualificação técnica é fundamental para que o trabalho seja realizado com qualidade e eficiência. O funcionalismo precisa ser valorizado, com condições para desenvolver o seu trabalho.

Todos esperamos pelo pós-pandemia e na recuperação de nossos municípios. Quais serão suas primeiras ações após assumir, para planejar a retomada de nossas atividades e da economia?

Sabemos destas dificuldades, e por isso nós temos um plano de recuperação econômica social e estrutural para Serafina Corrêa. Estamos vivenciando uma transformação muito grande na sociedade. Algumas vieram para ficar e não podemos mais andar na contramão da evolução, por isso precisamos incorporar a tecnologia para aprimorar a gestão e assim facilitar o acesso do cidadão aos serviços públicos e em consequência, ter um gerenciamento em tempo real de onde e como estão sendo utilizados os recursos públicos.

Como você avalia a obtenção de empréstimos/financiamentos por parte do Poder Público?

Acreditamos que um município como Serafina Corrêa que teve um orçamento de R$ 71 milhões neste ano e a mesma previsão para o próximo ano, não precise, se bem administrado, buscar empréstimos. Vemos municípios menores, aqui mesmo da nossa região, que tem um orçamento inferior, e que mesmo com a pandemia realizaram obras e melhoraram os serviços públicos, e ainda neste ano tiveram o reforço dos recursos da saúde para o atendimento do Covid-19. Assim entendemos que antes de fazer empréstimos, precisamos buscar todas as alternativas, com planejamento e recursos através de projetos nos ministérios e emendas parlamentares.

Sobre a situação da folha de pagamento do seu município, sabes a atual situação? E o Fundo de Aposentadoria como ele se encontra hoje?

Atualmente o que podemos constatar é que existe uma manobra para não infringir a lei, pois o que aconteceu foi que a partir de 2018 houve um aumento expressivo da terceirização de serviços que deveriam ser realizados pela administração municipal, assim o limite dos gastos com pessoal, previsto em lei é excedido sem o apontamento do TCE. Com relação ao Fundo de Aposentadoria, este está sendo administrado pelos servidores do Conselho Municipal da Previdência Social, e com certeza, terá nossa atenção.

Que projetos você tem para impulsionar a agricultura em nosso município?

A agricultura é um dos braços fortes de Serafina Corrêa, mas poderia ser muito melhor se nossos agricultores tivessem suas demandas atendidas. Muitos nos relatam que não estão tendo acesso às horas máquina que já é um direito previsto em Lei. Nossos produtores pedem somente condições mínimas de trabalho com estradas em dia, acessos adequados, parcerias com a Emater, Senar e universidades.

Espaço para você deixar as suas considerações finais.

Eu e o Zatti estamos preparados, comprometidos e com vontade de fazer Serafina Corrêa voltar a crescer e se desenvolver. Temos respeito pelo dinheiro público. Não temos o direito de gastar mal ou de não dar uma solução que resolva os problemas das pessoas. Acreditamos em Serafina Corrêa. Agora é Deus no comando e Serafina no Coração. Agora é o 11.