Nova ponte na ERS 437 é inaugurada

Reivindicação antiga pelos usuários vira realidade.

A Prefeitura de Vila Flores inaugurou a nova ponte sobre o Rio Jabuticaba, na rodovia ERS 437, que liga Vila Flores com Antônio Prado. Além da ponte, também foi feita a pavimentação no local, que fica nas proximidades do Centro de Eventos Pinheiro Seco. A cerimônia ocorreu na manhã da última sexta-feira, dia 18. Estiveram pre-sentes o prefeito Vilmor Carbonera, os secretários municipais, o presidente da Câmara, Joel Pasqualon, e demais vereadores, os freis Adani Guerra e José Lagni, juntamente com servidores municipais e colaboradores.

O prefeito destacou que é uma grande alegria poder tornar este projeto uma realidade, tendo em vista que era uma reivindicação antiga dos que circulam pela rodovia. “Agradecemos a compreensão e paciência pelo transtorno gerado durante o período de bloqueio, mas sabemos que esta obra é para benefício de todos”, frisou Carbonera. O frei José Lagni aproveitou o momento para ressaltar a importância de sermos ponte, que une, e não muro, que separa. Ele abençoou a ponte e todos que por ali passarem.

A nova ponte tem duas pistas, tendo em vista o fluxo intenso e o tráfego de veículos de grande porte. Além disso, inclui espaço para circulação de pedestres, com guarda-corpo. O objetivo é garantir uma melhor trafegabilidade e segurança aos que utilizam a rodovia. A obra teve início no dia 19 de novembro do último ano e a liberação do trânsito foi feita na noite da quinta-feira, dia 17 de janeiro, respeitando a orientação da engenharia para garantir a segurança e durabilidade da construção.

A via é de responsabilidade do Governo do Estado, através do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), porém, sem retorno estadual, é o município quem tem assumido as obras e a manutenção em geral. A Administração Municipal aguarda que, ainda este ano, haja a colaboração do Daer nas atividades. 

Ainda na ERS 437, próximo à Igreja da Comunidade de Caravaggio, ao lado do desvio, seguem as obras de nivelamento da estrada e do morro. A ideia é diminuir a inclinação que dificulta a circulação, principalmente de veículos de grande porte. Devido às chuvas constantes, as atividades não foram concluídas, bem como a manutenção das demais estradas ficaram prejudicadas, porém, as equipes continuam realizando ações conforme o clima permite. Nos próximos dias será dada continuidade na pavimentação, realizada em parceria com os proprietários das terras que ficam às margens da rodovia.