Corpo de Bombeiros Militar do RS forma 53 novos capitães

A turma é formada por 39 homens e 14 mulheres, que cumpriram uma carga de 2.739 horas-aulas no curso iniciado em 31 de março de 2021

O Corpo de Bombeiros do RS (CBMRS) realizou, na sexta-feira, 22/07, a cerimônia de formatura de 53 novos capitães da sua corporação, que atuarão em diversas regiões do Estado. A turma é formada por 39 homens e 14 mulheres, que cumpriram uma carga de 2.739 horas-aulas no curso iniciado em 31 de março de 2021.

Os novos capitães aprenderam diversos ramos do conhecimento necessários ao desempenho das atribuições, como Direito aplicado à função, defesa civil, administração pública, gestão de pessoas e de recursos financeiros, combate a incêndio, busca e salvamento de pessoas e animais, atendimento pré-hospitalar, entre outras. A supervisão e a coordenação foram da Academia de Bombeiro Militar e a execução foi da Escola Superior de Bombeiro Militar.

“Ser bombeiro é uma atividade nobre, diferenciada. Não é um emprego simples. É uma vocação salvar e preservar vidas. Nossa previsão é que os recém-formados já estarão atuando nas ruas e liderando suas equipes a partir do mês que vem”, afirmou o governador Ranolfo Vieira Júnior, que foi o paraninfo da turma e participou da cerimônia realizada no ginásio Gigantinho, em Porto Alegre.

Com os novos profissionais, o CBMRS contará com 61 capitães em seu quadro. A novidade da formação dos capitães foi a realização do primeiro curso de especialização em segurança contra incêndio em edificações e áreas de risco, com 360 horas-aula. Esse módulo, que cumpre um requisito da Lei Kiss, foi aplicado em conjunto com a Ufrgs por meio da Escola de Engenharia. Segundo o comandante-geral do CBMRS, Luiz Carlos Neves Soares Júnior, a conclusão dessa etapa possibilitou que os capitães obtivessem o título de especialista de segurança contra incêndios.