Golpes pela Internet cresceram também em Veranópolis

Conteúdo exclusivo

Um dos crimes que mais aumentou em 2019 foi o golpe pela internet. Os mais recorrentes são os falsos boletos com desconto encaminhados por SMS, extorsão pelo WhatsApp a partir de conversas com trocas de imagens íntimas, golpe do bilhete premiado e vendas na Internet, onde, a partir de ligação para confirmação de dados e envio de código, o WhatsApp é clonado. Esses crimes normalmente são oriundos do sistema penitenciário. 
O delegado Marcelo dos Santos Ferrugem orienta que é preciso ter cuidado também com aluguéis de casas na praia e além disso, evitar a exposição nas redes sociais. “O WhatsApp facilitou a comunicação, mas também os golpes, que são cada vez mais estruturados graças ao fácil acesso à informação”, salienta. 
Por fim, sobre os golpes que envolvem descontos e preços baixos vale o alerta: “o estelionato é um crime de mão dupla, para que o criminoso consiga vantagem, a vítima também tem que querer uma vantagem. Não existe mágica, é aquela velha máxima: não tem almoço de graça!”. 

LEIA MATÉRIA COMPLETA EM NOSSA EDIÇÃO IMPRESSA.