Cultura em tempos de pandemia: Porto Verão Alegre leva 25 espetáculos para dentro da sua casa; confira a programação

Desde 1999, o Porto Verão Alegre ocupa os palcos da Capital com uma programação pensada para agradar todos os gostos, levando cultura

Desde 1999, o Porto Verão Alegre ocupa os palcos da Capital com uma programação pensada para agradar todos os gostos, levando cultura aos espectadores. O festival, criado pelos sócios e amigos Rogério Beretta e Zé Victor Castiel, nunca falhou uma temporada. E, neste ano, mesmo que fora de época e em um novo formato, virtual, não seria diferente.

Com o tema “22 anos presente”, a nova edição do evento contará com 25 espetáculos, escolhidos para divertir a plateia e garantir a saúde dos profissionais envolvidos. As atrações serão realizadas, sem público presencial, nos palcos do Teatro do Centro Histórico-Cultural Santa Casa e do Theatro São Pedro, e transmitidas pela plataforma ShowIn.

Beretta destaca que as apresentações foram selecionadas levando em conta o número de pessoas necessárias no palco, para evitar aglomeração:

— Priorizamos a saúde, com testes, isolamento e distanciamento, além da qualidade da transmissão, com bons recursos tecnológicos. Queremos garantir a melhor experiência para o espectador e, por isso, os espetáculos ocorrerão como se a plateia estivesse ali, nas cadeiras do teatro.

A 22ª edição do festival que celebra as artes cênicas do Estado começa neste sábado (29) e vai até 22 de junho. Os ingressos, que custam R$ 9,90 por espetáculo, podem ser adquiridos pelo site portoveraoalegre.com.br.

Estreias

O festival apresentará cinco produções inéditas. A intervenção musical teatral sobre questões cotidianas A Espessura da Vida (20 a 21/6, às 18h, e 22/6, às 20h) conta com interpretações de Deborah Finocchiaro e Eleonora Prado, também autora da peça. 

Com Amor – Chico Xavier (de 30/5 a 1º/6, às 20h) celebra a vida do médium. Oscar Simch criou, dirige e atua em Curiosa Mente (de 7 a 9/6, às 20h), em que sobe ao palco para revelar histórias pouco conhecidas de personalidades que souberam encontrar o seu caminho. Preta no Branco – O Show (8/6, às 20h, e 9 e 10/6, às 22h) traz os humoristas Rodrigo Kão e Nelly Coelho em uma conversa de bar, convidando o público para refletir sobre questões da sociedade brasileira. 

Já em Protocolo Sexual Pandêmico (18/6, às 20h, e 19 e 20/6, às 22h) Angela Dippe aborda os novos hábitos sociais, higiênicos e sexuais adquiridos durante a pandemia do coronavírus, na peça criada e dirigida por ela mesma.

Clássicos

Autores e biografados célebres não vão faltar. Frida Kahlo, à Revolução! (de 20 a 22/6, às 20h) retrata a vida da artista. Montagem do texto de Tchékhov, Os Males do Fumo (de 3 a 5/6, às 20h) acompanha um palestrante que alerta para os perigos do tabagismo à medida que divide com o público sua vida pessoal. 

Os Palhaços de Tchékhov (de 9 a 11/6, às 20h) reúne comédias do dramaturgo russo. O Anexo Secreto (21 e 22/6, às 20h) é inspirado na história de Anne Frank durante o nazismo. Escrita pelo checo Václav Havel, Goela Abaixo ou Por que Tu não Bebes? (de 2 a 4/6, às 20h) mostra a tensão entre um funcionário (Marcelo Ádams) e o mestre-cervejeiro (Margarida Leoni Peixoto).

Música no palco

A musicalidade sempre se faz presente no Porto Verão. Beatles em Concerto (de 29 a 31/5, às 20h) traz releituras eruditas dos Fab Four. O show/documentário Memorial Musical – Bob Dylan (de 14 a 16/6, às 20h) conta a história do ícone do folk rock com muitas canções. Sex-teto (de 12 a 14/6, às 18h, 20h e 22h) leva seis artistas ao palco para um show musical performático. Coração de Búfalo (17 e 19/6, às 20h, e 18/6, às 22h) reúne música, teatro e poesia para falar sobre amor. Com Everton Barreto, Gloria Crystal e Lauro Ramalho, Rainhas da Noite (de 31/5 a 2/6, às 20h) é recheado de irreverência.

Para gargalhar

Guri de Uruguaiana e Banda (de 11 a 13/6, às 20h) traz o hilário personagem de Jair Kobe contando seus causos, com muita música. Cris Pereira estará em dose dupla, com Meu Nome não É Jorge (de 19 a 21/6, às 20h) e Stand-up Bagual do Gaudêncio (de 6 a 8/6, às 20). Com Coloca o Cinto que a Viagem Vai Ser Longa (de 12 a 14/6, às 20h), Nando Viana faz um resumo de sua carreira, com histórias engraçadas do seu cotidiano. 

Alta Terapia – A Comédia da Felicidade (de 4 a 6/6, às 20h) acompanha um homem com capacidade imaginativa de criar histórias cômicas. Homens de Perto (de 15 a 17/6, às 18h, 20h e 22h) reúne o trio Oscar Simch, Rogério Beretta e Zé Victor Castiel em situações hilárias. Beretta, acompanhado de Suzi Martinez, também está em Pq Casamos?! (de 9 a 11/6, às 10h, 16h, 18h, 20h e 22h), que retrata um casal fazendo um balanço de seus 30 anos de relacionamento. 

Projeto Secreto – A Gaiola das Loucas (10/6, às 20h, e 11 e 12/6, às 22h) homenageia figuras da cultura LGBT+ da capital gaúcha. E Que Raio de Professora Sou Eu? (de 1º a 3/6, às 18h, 20h e 22h) mostra uma educadora (Heloisa Palaoro) que reflete sobre sua condição.

Sarau

Apresentado por Deborah Finocchiaro e Roger Lerina, o Sarau Voador (de 16 a 18/6, às 20h) vai mostrar sua edição “Pra Viajar no Cosmos não Precisa Gasolina”, com Nei Lisboa. O sarau reúne diferentes manifestações artísticas, com liberdade criativa e compartilhamento de linguagens, proporcionando diversos olhares e leituras sobre um determinado tema, autor ou compositor.

Fonte: GZH