Por que 2019 poderá ser o melhor ano?

 Por que 2019 poderá ser o melhor ano? Já se passaram 37 dias de 2019 e o começo nos inunda

 Por que 2019 poderá ser o melhor ano?

Já se passaram 37 dias de 2019 e o começo nos inunda com uma aura de otimismo, não é mesmo? Acreditar que tudo vai dar certo nos dá ânimo e coragem para seguir adiante. Afinal, quem não deseja ver um mundo mais justo, onde seja possível realizar sonhos, alcançar metas, ter uma vida mais próspera, digna e saudável?

Mas, ao longo do ano, o bombardeio de notícias ruins vai enfraquecendo esse otimismo, chegando ao ponto de muitas pessoas perderem o ânimo e até a esperança na humanidade. Mas será que a humanidade não tem jeito mesmo? Estamos retrocedendo?

Para acender uma luz sobre esse paradigma tão arraigado em nossas mentes, o jornalista Nicholas Kristof, do New York Times, através da compilação de dados de pesquisas, publicou o artigo Why 2018 Was the Best Year in Human History! (Porque 2018 foi o melhor ano na história da humanidade!). O trabalho do autor foi elencar números que sustentam um otimismo legítimo e mostram como estamos evoluindo global-mente em questões essenciais.

Confira alguns desses nú-meros, para entendermos como foi possível essa afirmação tão positiva:

-Segundo Max Roser da Oxford University, durante 2018, a cada dia do ano, em média, 295.000 pessoas tiveram acesso à eletricidade pela primeira vez em suas vidas;

-Por dia, outras 305.000 pessoas desfrutam de água tratada e 602.000 pessoas acessaram a internet pela primeira vez;

-Nunca antes tantas pessoas foram alfabetizadas e alcançaram tamanha lon-gevidade;

-Em 2018, menos de 10% da população mundial viveu em situação de extrema pobreza, em comparação com a década de 80, quando 44% viviam nessa triste situação.

A mensagem fica clara: podemos, sim, desconstruir uma visão pessimista de mundo. Isso não significa perder noção da realidade ou fechar os olhos para problemas, pelo contrário, valorizar essas conquistas nos dá mais inspiração para melhorar!