Em recuperação, Guerrero tem renovação de contrato pendente com o Inter

Apontado como um dos principais jogadores do Inter, Paolo Guerrero se aproxima do final do seu contrato com o clube — o vínculo

Apontado como um dos principais jogadores do Inter, Paolo Guerrero se aproxima do final do seu contrato com o clube — o vínculo do peruano é válido até 31 de dezembro. A aposta é na boa relação entre as partes para definir uma eventual permanência. Atualmente, o centroavante se recupera de edema no joelho direito e não tem volta programada para os próximos duelos.

Apesar do tempo relativamente curto que resta no contrato vigente, há confiança de que Inter e jogador chegarão a um novo acordo. O atleta é uma das lideranças técnicas e de vestiário do elenco, além da representatividade que tem pela trajetória no futebol sul-americano. Por isso, o assunto é tratado com cautela nos bastidores colorados.

Entende-se que Guerrero precisa atuar com mais frequência e em alto nível antes de se debater publicamente a renovação. O custo elevado, um dos maiores do grupo, pesa pelo momento financeiro do Beira-Rio.

Recentemente, em entrevista à imprensa peruana, o presidente Alessandro Barcellos confirmou o interesse na permanência do jogador. Em paralelo, nas últimas semanas, o camisa 9 foi especulado em São Paulo e Atlético-MG. Se quiser, o jogador já poderia assinar um pré-contrato com outro clube a partir do segundo semestre deste ano.

Neste momento, o foco é garantir a recuperação total aos gramados, já que Guerrero está afastado das relações há duas semanas. Segundo comunicado oficial, ele apresentou edema no joelho direito, o mesmo operado no ano passado. O processo é visto como comum em processos de recuperação de cirurgias ligamentares. Após a regressão do problema, Ramírez voltará a utilizá-lo.

Por outro lado, com Yuri Alberto e Thiago Galhardo tendo boas atuações, há o entendimento de que a condição de renovação não é tão urgente. O estrangeiro tem status de grande jogador, mas características diferentes dos concorrentes pela posição.

Pelo Inter, Guerrero tem 61 partidas e 31 gols marcados. Contratado em 2018, ele já estendeu o vínculo uma vez no decorrer do último ano. Nas próximas semanas, o atacante deverá ser confirmado como convocado à seleção peruana para a disputa da Copa América entre junho e julho. O fato poderá desfalcar a equipe colorada em 12 confrontos de Brasileirão e Copa do Brasil.

Fonte: GZH