Abertura da primeira casa noturna exclusiva para mulheres é adiada após interdição

A primeira casa noturna exclusiva para o público feminino abriria as portas na noite desta sexta-feira, dia 20. Porém, após

A primeira casa noturna exclusiva para o público feminino abriria as portas na noite desta sexta-feira, dia 20. Porém, após vistoria dos bombeiros a casa foi interditada durante à tarde. Segundo a sócia do empreendimento, Vanderléia, denúncias foram feitas e acabou sendo constatado que o local precisaria de uma adequação para poder abrir as portas. “Temos prazo para corrigir a questão, mas não dentro de um tempo hábil para inaugurar, infelizmente. A casa está linda, tudo pronto para receber as mulheres, mais de um mês de organização. Nós sentimos muito, pois poderiam ter vindo com antecedência”, lamenta.

A festa já foi remarcada e deverá ocorrer na próxima sexta-feira, dia 27. “Vai ser a festa. Um evento ainda melhor do que planejamos para hoje. A Butterfly é um nome e vamos honrar”, ressalta a proprietária. Quem comprou ingresso e não poderá comparecer na nova data será reembolsado. “Pedimos a compreensão de todas. Vamos, a partir de segunda-feira, começar os reembolsos para as meninas que não puderem comparecer”, esclarece. Ela conta que é a primeira vez que isso acontece em um de seus negócios. “Estou abalada, nunca tinha acontecido uma situação como essa. Estão tentando nos fazer desistir, mas não vão conseguir. Vamos fazer uma festa ainda melhor”, frisa.