Nova Prata promove mutirão de atendimento para imigrantes

O Mutirão de Documentos será realizado novamente nos dias 13 de setembro e 08 de novembro, das 13h às 17h

Na terça-feira, 19, aconteceu na Secretaria de Assistência Social, o segundo Mutirão de Documentação, que tem como objetivo orientar e regularizar a situação documental de imigrantes de Nova Prata e região.

Durante toda manhã as coordenadoras dos CRAS, dos municípios assistidos pela ação, realizaram treinamento para atendimento das demandas dos imigrantes, sob orientação da assistente social Geraldine Monteiro Rufatto, do Centro de Atendimento ao Migrante, de Caxias do Sul.

O atendimento aos imigrantes aconteceu no turno da tarde, ao qual foram atendidas cerca de 30 pessoas advindas de Cuba, Venezuela, Haiti, Senegal e Colômbia. O Mutirão de Documentação é uma ação desenvolvida através do encontro regionalizado da AMESNE, referente às questões da imigração, e é sediado mensalmente pelos municípios de Guaporé e Nova Prata, de forma intercalada.

O primeiro Mutirão de Documentação em Nova Prata aconteceu no dia 17 de Maio, na ABEN, e atendeu a imigrantes que residem nas cidades de Nova Prata, Paraí, São Jorge, Nova Araçá, Nova Bassano e Vila Flores.

O intuito dos mutirões, além de regularizar a situação dos imigrantes e prestar a eles todo o auxílio necessário para se estabelecer em nosso país, é o de atender as demandas sociais e proporcionar melhores condições de vida a eles, com reconhecimento de cidadania e dos direitos sociais no sentido de transformar para melhor a realidade em que estão inseridos.

O Mutirão de Documentos será realizado novamente nos dias 13 de setembro e 08 de novembro, das 13h às 17h.