Fagundes Varela reforça cuidados para combate ao Aedes aegypti

Neste mês de abril, o setor de Vigilância Sanitária de Fagundes Varela recebeu um ofício da 5ª Coordenadoria Regional de

Neste mês de abril, o setor de Vigilância Sanitária de Fagundes Varela recebeu um ofício da 5ª Coordenadoria Regional de Saúde informando que o município passa a ser considerado infestado pelo mosquito Aedes aegypti, em razão de diversas análises positivas para larvas e pupas do mesmo.

De acordo com o Informativo Epidemiológico de Arboviroses – Semana 16, dos 49 municípios pertencentes a esta coordenadoria, 30 são considerados infestados.

Destaca-se que a transmissão da dengue, da chikungunya e zika ocorre pela picada do mosquito Aedes aegypti. Ele tem em média menos de 1 centímetro de tamanho, é escuro e com riscos brancos nas patas, cabeça e corpo. Para se reproduzir, ele precisa de locais com água parada. Por isso, o cuidado para evitar a sua proliferação busca eliminar esses possíveis criadouros, impedindo o nascimento do mosquito.

As Agentes Comunitárias de Saúde darão sequência as atividades de prevenção e combate ao Aedes aegypti. Além disso, o município passará a contar com um Agente de Combate a Endemias a partir da próxima semana, o qual será fundamental neste monitoramento e no desenvolvimento de atividades de vigilância em saúde.

Precisamos da ajuda de toda a população no combate ao mosquito:

– Tampe caixas d’água, toneis e latões

– Mantenha limpos os bebedouros de animais

– Guarde garrafas vazias com o gargalo para baixo

– Guarde pneus sob abrigos

– Mantenha desentupidos ralos, canos, calhas, toldos e marquises

– Não deixe acumular água nos vasos de plantas

– Mantenha a piscina tratada durante todo o ano

– Coloque embalagens de vidro, lata e plástico em lixeiras fechadas