Vila Flores marca presença no 6° Congresso Internacional de turismo da região Uva e Vinho

Na última semana, a Secretária de Turismo e Cultura, Makielen Zandoná Ceccato e a Diretora de Cultura, Andressa Conte da

Na última semana, a Secretária de Turismo e Cultura, Makielen Zandoná Ceccato e a Diretora de Cultura, Andressa Conte da Secretaria de Turismo e Cultura de Vila Flores e os representantes Maria Rita Galli Gregol, Leônia Carla Costella e Lenício Rodrigues do Trade Turístico e COMTUR Vila Flores estiveram presentes no 6º Congresso Internacional de Turismo da Região Uva e Vinho que retomou suas atividades após dois anos de ausência em virtude da pandemia de Covid-19. O 6º Congresso Internacional de Turismo da Região Uva e Vinho contou com dois dias de programação, dias 21 e 22 de julho e ocorreu em Bento Gonçalves.
Alguns cases de sucesso no ramo do turismo de cidades dos mais diversos países, além do Brasil foram apresentados no primeiro dia do congresso pelos palestrantes convidados. Já no segundo dia aconteceram visitas técnicas em empreendimentos turísticos de Bento Gonçalves e Pinto Bandeira. Diversas cidades que fazem parte da Atuaserra estiveram presentes nas atividades do congresso. Para este ano, o foco do evento foi “Olhares para o turismo em comunidade”. Portanto, uma das finalidades do congresso foi auxiliar no desenvolvimento sustentável do turismo na região.
O turismo sustentável é importante para evitar o desgaste do meio ambiente, incentivar o desenvolvimento de pequenas comunidades e empreendimentos e conscientizar visitantes do mundo todo sobre a preservação da natureza. Por isso, diz-se que para praticar o turismo sustentável, não é preciso ser rico, basta ter capricho, ou seja, não é somente sobre fazer investimento financeiro, mas também ter zelo pelo que já temos, mantendo protegido. Turismo rural é uma modalidade que vai muito além das preocupações ambientais, atendo-se também a questões econômicas sociais e culturais.
Fotos: SETUR – Vila Flores
Lili Conte – Assessoria Atuaserra